Adriane Galisteu é proibida de participar do documentário sobre Ayrton Senna; entenda o motivo

O casal namorou durante 1 ano; família do piloto não aprovava o relacionamento com a apresentadora

Juliana Maia
fonte

Adriane Galisteu teve a participação vetada no documentário sobre a vida de Ayrton Senna. O motivo seria a família de Senna nunca ter aprovado o relacionamento entre o casal. Na época do relacionamento, alguns parentes próximos do piloto acusavam Galisteu de tê-lo usado para ficar famosa. O namoro dos dois durou cerca de 1 ano, de 1993 até maio de 1994, quando Senna morreu em um acidente.

VEJA MAIS

image Adriane Galisteu fala sobre botas que ganhou de Ayrton Senna: ‘Não me desfaço por nada nesse mundo’
Nas redes sociais, a atriz e apresentadora contou a história do presente dado pelo ex-namorado e piloto, que morreu em 1994

image Adriane Galisteu revela que Ayrton Senna morreu sem realizar três grandes sonhos
Apresentadora foi namorada do piloto que morreu em 1994 durante o GP de San Marino

image Senna pediu Xuxa em casamento um dia antes de morrer, diz amigo
Michael Sullivan, autor de diversos sucessos de Xuxa Meneghel, afirmou que o piloto e a cantora fizeram planos para a união

De acordo com o site Notícias da TV, o documentário já está sendo produzido e a proposta é de que seja oferecido para a plataforma de streaming Globoplay. Procurado pelo site, a Globoplay negou envolvimento com o documentário.

A família de Senna se preocupa com o direcionamento que o documentário possa tomar com a participação de Galisteu e teme que a apresentadora aborde a forma como era tratada durante o período do relacionamento com Senna.

Por outro lado, alguns famosos que fizeram parte da vida pessoal e profissional do piloto já foram contratados para integrar o documentário. De acordo com o site, até o momento, Xuxa Meneghel e Galvão Bueno aceitaram participar. A apresentadora se relacionou com Senna durante dois anos, entre 1988 e 1990. O comentarista tinha uma relação próxima com o piloto e narrou todos os seus títulos na Fórmula 1.

Esta não é a primeira vez que Galisteu fica de fora de homenagens destinadas a Ayrton Senna. Em 2014, quando o programa global "Esporte Espetacular" exibiu uma série de reportagens sobre o piloto, a imagem da apresentadora foi vinculada apenas em arquivos e em depoimentos de outras pessoas.

(*Juliana Maia, estagiária sob supervisão da editora web de OLiberal.com, Vanessa Pinheiro)

Celebridades
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA