Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Thaís, do BBB21, sobre dificuldade na fala: 'Me chamaram de burra'

Ex-sister falou sobre as suas inseguranças no programa: “Fiquei triste das pessoas serem tão malvadas. É só um jeito de falar que é consequência do meu nervosismo”

Com informações de Quem

Thaís Braz acabou virando alvo de críticas e memes por sua dificuldade de falar em público no BBB 21. A ex-sister, que nos programas ao vivo gaguejava e tinha bloqueios para discorrer, abriu o coração a Quem sobre inseguranças. Na conversa, ela diz que ficou chateada com a falta de apoio do público.

 

“Fiquei um pouco triste por faltar empatia das pessoas. Ninguém viu isso como um problema. É um problema. Isso me deixa triste. Eu mesma me fiz pressão quanto a isso. Eu fui corajosa de ir. Nunca tinha me colocado em situações que tinha que falar em público. Eu sempre gostei de foto e produção, mas nunca chegava na câmera e falava. Aquilo ali foi uma coisa muito nova para mim. Eu não sabia como ia reagir. Fiquei triste das pessoas serem tão malvadas com isso. É só um jeito de falar que é consequência do meu nervosismo, da minha insegurança. Falavam: ‘Aprenda a falar’. E começaram a generalizar a minha vida inteira. Só porque eu não consegui ser firme no ao vivo e clara nas ideias, me chamaram de burra. Perguntaram como me formei. Isso me machuca. Estou lutando atrás dos meus sonhos, uma coisa que sou é corajosa”, lamentou.

Apesar de ter enfrentado dificuldades no programa, Thaís conseguiu se preparar e passar pela sabatina da produção do BBB, que conta com interrogatório extenso com equipe grande e presença dos figurões Boninho e Dourado, diretores do programa. A ex-sister revelou sua tática para passar pela chamada “cadeira elétrica”.

“Eu já tinha ido para a cadeira elétrica de 2017 para o BBB de 2018. Isso me ajudou porque tinha uma noção de como era. Me preparei muito para a deste ano. Estudei. Falei na frente do espelho. Me preparei, porque já tinha travado na primeira. Nessa eu falei que não ia desistir para as pessoas tirarem as coisas boas de mim. Mas foi muito difícil de qualquer forma. Minha boca ficou seca. Não tinha uma gota de saliva”, lembra.

Depois de ter passado pela experiência e ter enfrentado os medos, Thaís garante que saiu do programa mais forte. “Me sinto aliviada. Não sabia o tanto que isso me atormentava por dentro. As pessoas já me viram de todo jeito. Me sinto muito leve de poder falar isso e feliz de saber que de alguma forma ajudo pessoas que se identificaram comigo, eu dou força e eles me dão força também. Tudo que acontece na nossa vida serve pra gente aprender. Aprendo com meus erros e os dos outros sem julgá-los como as piores pessoas do mundo. Quero focar na minha força”, pontuou.

Segundo Thaís, suas atitudes a partir de agora serão completamente diferentes. “Ficou a lição de que preciso ter sempre coragem e lutar pelo que quero, que é melhor me arrepender do que fiz do que pelo que deixei de fazer. A insegurança é o monstro da minha vida. Eu era insegura e tinha uma capa para dizer que não era. Sou, sim, e estou trabalhando para mudar isso. Preciso acreditar em mim. Se eu não acreditar em mim, quem vai?”, concluiu.

Palavras-chave

BBB
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA