Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pizzaria viraliza ao receber pix falso e entregar refrigerante e pizza ‘de mentira’ ao golpista

O dono do empreendimento com os funcionários mandaram entregar ao falso cliente uma pizza de massa seca e sem recheio com um refrigerante feito com suco e sal

O Liberal

O dono de uma pizzaria de Teresina (PI) decidiu “trollar” um golpista que tentou comprar uma pizza com um pix falso na segunda-feira (25). Para se vingar da má índole do suspeito, o comerciante Robson Costa, mandou entregar no endereço uma pizza de massa seca e sem recheio, além de um refrigerante “falso”, feito com suco e sal

VEJA MAIS

Pizzaria viraliza após usar sósia de Coringa como entregador em vídeo de divulgação
Criatividade foi tanta que a publicação caiu no gosto dos internautas e ganhou a web

Maquiadora recebe golpe do 'pix falso' e expõe caso nas redes sociais
Mulher era acusada por outros empreendedores de realizar a mesma tática de calote

‘Urubu do Pix’: novo golpe promete dinheiro fácil e rápido; entenda
Golpistas usam perfis com vários seguidores nas redes sociais para “fisgar” as vítimas

Assista ao vídeo:

Em entrevista ao G1 Piauí, o empreendedor afirmou que já tinha tido um prejuízo de R$ 300 com a mesma pessoa há um mês e o homem tentava aplicar novamente um golpe.  No dia em questão, o que despertou a curiosidade do dono foi notar no aplicativo bancário a chegada de dois pix de R$ 0,01.

Quando o atendente informou que não estava conseguindo confirmar o pagamento do suposto cliente, a dupla percebeu que se tratava de um documento falso. O homem alterou o valor do pix de $0,01 para R$ 55, o valor da pizza.

O suspeito alterou o valor dos pix's para o dono da pizzaria não desconfiar do golpe  (Reprodução/ Arquivo pessoal)

Para não deixar o golpista sair impune, o dono e funcionários da pizzaria resolveram fazer uma “brincadeirinha” com o homem. “Eu fiquei sem ideia de como fazer, a pizzaiola deu a ideia de mandar só a massa seca e ela escreveu o nome ‘pix fake’ na caixa. Pro refrigerante, pegamos a garrafa vazia e colocamos um suco em pó. O entregador disse que ele ainda poderia beber o suco, aí colocamos sal”, explicou Robson ao site.

O sujeito chegou a entrar em contato novamente com o empresário e disse não ter entendido a entrega daquela forma, e em seguida, bloqueou a pizzaria. Em outra troca de mensagens, o suspeito - utilizando-se de um segundo número - entrou em contato com a pizzaria e usou o versículo 30 do capítulo 6 dos provérbios bíblicos, que diz: "O ladrão não é desprezado se, faminto, rouba para matar a fome", para justificar o ato. O caso não foi registrado na polícia.

 O suspeito - utilizando-se de um segundo número - entrou em contato com a pizzaria e usou o versículo 30 do capítulo 6 dos provérbios bíblicos para justificar a atitude (Reprodução/ Redes sociais)

Outros golpes na praça 

Após o caso viralizar em grupos de WhatsApp de empreendedoras da região, outro empresário revelou que o homem estava tentando aplicar o mesmo golpe, mas desta vez, pedindo cervejas. 

 "Outro detalhe é que ele não colocou o endereço normal. Ele coloca que tá na rua, que a casa dele está sem endereço correto, que a casa não tem número. Eles fazem isso pra gente não ter como cobrar, quando descobrir", destacou o empresário ao G1.

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL