Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher dá à luz gêmeos sem saber que estava grávida; entenda

A mãe das crianças só desconfiou que algo estava errado duas semanas antes do parto inesperado

Luciana Carvalho

Kelly Aparecida Marques, de 38 anos, deu à luz gêmeos, sem saber que estava grávida. O caso foi registrado no dia 16 de agosto e os meninos, que segundo os médicos nasceram após 34 semanas de gestação, continuam internados na Maternidade Jesus, José e Maria. O caso ocorreu no município de Guarulhos, São Paulo. As informações são do portal UOL.

mãe das crianças trabalhava como operadora de caixa em um supermercado local, e o pai Regivan Gomes da Silva, 36 anos, que é pintor, se preparavam para dormir na noite de 16 de agosto quando a mulher começou a sentir dores fortes na região da barriga.

"Ela levantou da cama com muita dor, não estava mais conseguindo sentar nem deitar, ficou para lá e para cá. Meus filhos começaram a ficar nervosos, o cachorro também começou a latir de desespero", conta Regivan.

VEJA MAIS

No Pará, mulher dá à luz dentro de carro e policiais militares ajudam no parto
A mãe, Gleide Moraes, passa bem. A criança se chamará Paulo Davi

Sem saber que estava grávida, mulher dá à luz no sofá de casa
Michaella Mignone, 30, tomava anticoncepcional injetável há anos e não tinha planos de ter mais filhos

Sem saber da gravidez, jovem passa mal e dá à luz
A mulher chegou à unidade de saúde e teve de fazer exames e ser medicada

O parto

O pai das crianças ligou para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e, percebendo que a esposa estava em trabalho de parto, passou a ser auxiliado por um médico por telefone enquanto o socorro se encaminhava até ele. "Minha casa tem dois cômodos pequenos. Fechei a entrada do quarto, que não tem porta, com o colchão que o meu filho dorme e comecei a sessão para fazer o [auxílio do] parto", lembra Regivan.

Daniel, o primeiro dos gêmeos, nasceu em posição invertida e Regivan foi instruído pelo médico a fazer massagens de reanimação nele, que só chorou três minutos após vir ao mundo. "Ainda tivemos que esperar mais uns 50 minutos até o Samu chegar. Eles fizeram todo o procedimento de cortar o cordão umbilical", explica.

Sem saber que ainda estava com o segundo filho na barriga, Kelly foi levada até a maternidade enquanto Regivan esperava algum parente para cuidar dos outros dois filhos, de 10 e 13 anos, enquanto ele estivesse no hospital. Ao chegar na instituição de saúde, ele foi avisado do nascimento de Davi. "Depois de uma hora, cheguei ao hospital e tive a surpresa da recepcionista me falando: 'Pai, você não é pai só de uma criança, é pai de gêmeos", afirmou

Daniel nasceu com 1,740 kg e Davi com 1,710. Como eles são prematuros, continuam internados para ganhar peso e não têm previsão de alta. Ainda assim, os pais têm contabilizado diariamente as poucos gramas de evolução dos filhos após o partoKelly vai diariamente para o hospital e já consegue amamentar os dois bebês.

Gravidez sem sintomas

Kelly, que ainda se recuperava do parto e do susto, contou que chegou a ter sangramentos enquanto gestava os bebês e, como frequentemente tinha atrasos na menstruação, só desconfiou que algo estava errado duas semanas antes de dar à luz.

"Até comentei com uma amiga do trabalho que achava que estava com uma coisa no estômago, porque minha barriga tinha ficado dura na região do estômago, mas até então não tinha sentido enjoo, nem bebê mexer, nem nada", afirmou.

A mulher não teve tempo de marcar uma consulta com o médico da família e entrou em trabalho de parto pensando que tinha um problema estomacal ou um mioma, sem sequer considerar que estava gestante.

Regivan, que acabava de voltar do segundo dia em um novo emprego quando os filhos nasceram, contou com a solidariedade de colegas de trabalho para arrumar mantimentos diante do parto não planejado. Até o momento, colegas de trabalho, familiares e amigos da igreja doaram fraldas, cestas básicas e até mesmo um berço.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL