Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

No Pará, mulher dá à luz dentro de carro e policiais militares ajudam no parto

A mãe, Gleide Moraes, passa bem. A criança se chamará Paulo Davi

O Liberal

Uma ocorrência inusitada foi registrada pela Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (13). Segundo a ocorrência, policiais militares conduziram o parto de uma mulher dentro de um veículo, na rodovia PA-150, na cidade de Goianésia do Pará, no sudeste paraense. Por volta das 15h30, o veículo vindo da Vila Mamorana, às margens do Rio Moju, na zona rural do município, parou em frente ao Posto da Rodoviária Estadual (PRE) da cidade. Dentro do veículo, Gleide Moraes estava em trabalho de parto. 

A mulher estava no carro acompanhada do marido, Paulo Tiburtino. Os seguiam até o hospital, mas não conseguiriam chegar a tempo na unidade hospitalar, distante cerca de 20 quilômetros.

A mulher já estava com a bolsa rompida, vazamento de líquido amniótico e contrações musculares intensas e com intervalos ainda menores. A guarnição policial, então, percebeu que não daria tempo de Paulo e Gleide chegarem no hospital, e iniciaram o auxílio à mãe da criança. O menino nasceu dentro do carro, com auxílio do cabo Renan Melo e de outros agentes. Paulo Davi nasceu saudável, com 3.300 kg e 50 cm de comprimento. 

Gleide Moraes, Paulo Tiburtino e o pequeno Paulo Davi, acompanhados da equipe policial que conduziu o parto (Reprodução)

"Há 8 anos na PM, e eu nunca tinha passado por uma situação desse tipo, só via casos na televisão. Há um mês, meu filho nasceu e desde que a minha esposa engravidou, venho estudando muito sobre parto, via muitos vídeos e filmes. No parto dela, observei tudo atentamente. E esse conhecimento me ajudou a conduzir, da melhor maneira, o parto da Gleice", contou o policial militar Renan Melo.

Paulo Davi nasceu sadio e com três quilos (Reprodução / Redes Sociais) 

Segundo o cabo, a primeira iniciativa foi tentar deixar a mãe em uma posição mais confortável dentro do carro, para que ela tentasse ficar mais calma e conseguisse fazer a força necessária no momento correto, pois já estava muito cansada. "Ela falava que não ia conseguir e eu tentava fazer ela respirar, para se acalmar. Tentei passar confiança a todo tempo para ela. Na terceira contração, o neném veio e aí foi só alegria. Lembrei da hora que o meu filho nasceu, fiquei muito emocionado por conseguir conduzir o parto e ter dado tudo certo. Foi um misto de alívio e felicidade", diz. 

Após o nascimento, a mulher e a criança foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Goianésia do Pará, onde receberam atendimento médico e ficariam em observação por 24 horas. A Polícia Militar também seguiu até o local, em apoio à família, onde recebeu os agradecimentos da equipe médica. O carro da família foi levado até o local pelo sargento Denis Santos. Mãe e filho passam bem.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA