Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mãe e Jairinho jogaram celular pela janela na hora da prisão, afirma polícia

Os dois estavam na casa de uma tia do parlamentar em Bangu, no Rio de Janeiro

Com informações do Uol

No momento da prisão de Monique Medeiros e Dr. Jairinho (Solidariedade), mãe e padrasto do menino Henry, de 4 anos, morto em 8 de março, tentaram se desfazer dos celulares deles antes de serem presos na manhã desta quinta-feira (8), na casa de uma tia do parlamentar em Bangu, no Rio de Janeiro. A informação foi divulgada pela polícia.

Leia mais:

Polícia prende Dr. Jairinho e mãe de Henry Borel por morte da criança

No dia seguinte ao enterro do filho, mãe de Henry foi ao salão

Pai do menino Henry se manifesta após prisão: 'meu filhinho deve ter sofrido muito'

Caso Henry: Monique sabia que filho era torturado desde fevereiro, diz polícia

"Quando nós adentramos na residência eles tentaram se desfazer dos celulares atirando pela janela. Obviamente nós conseguimos resgatar esses celulares mas houve uma tentativa de dispensá-los", explicou o delegado do caso, Henrique Damasceno.

Os celulares apreendidos se juntam aos outros 11 aparelhos que foram apreendidos pela polícia após mandados de busca e apreensão contra Jairinho, Monique e Leniel Borel, pai de Henry. De acordo com a polícia, Monique foi avisada pela babá de Henry que o menino vinha sofrendo violência de Jairinho, que desferia socos e chutes no menino.

"Conseguimos apreender os telefones celulares deles e os computadores portáteis e um dos áudios que foram disponibilizados, especificamente o telefone da mãe, nós encontramos prints de conversas que foram com certeza uma prova extremamente relevante uma vez que esses prints eram de quase um mês antes do crime, extraídos dia 2 de fevereiro de acordo com o laudo pericial, e o que chamou atenção era que na verdade era uma conversa entre ela, a mãe e a babá e ali ficava revelado uma rotina de violência que o Henry sofria", afirmou Damasceno.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL