Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pai do menino Henry se manifesta após prisão: 'meu filhinho deve ter sofrido muito'

Mãe e padrasto do garoto, Monique Medeiros e o vereador Dr. Jairinho, foram presos nesta quinta. Segundo a polícia, criança sofria sessões de tortura

Com informações do G1

O pai de Henry Borel, Leniel Borel de Almeida, se manifestou na manhã desta quinta-feira (8), após a prisão da ex-mulher e mãe da criança, Monique Medeiros, e do padrastro do menino, vereador Dr. Jairinho (afastado do Solidariedade).

Leia mais:

No dia seguinte ao enterro do filho, mãe de Henry foi ao salão de beleza

Caso Henry: Monique sabia que filho era torturado desde fevereiro, diz polícia

Polícia prende Dr. Jairinho e mãe de Henry Borel por morte da criança

"Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito", afirmou o pai durante uma entrevista ao repórter Carlos De Lannoy. Leniel chegou a dizer que estava passando mal.

Nesta madrugada, antes mesmo de saber da prisão da ex-mulher e do marido dela, Leniel postou uma homenagem ao filho, no dia em que a morte dele completa 1 mês. O pai de Henry pediu "desculpas" por não ter conseguido protegê-lo. Veja:

 

 

 

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL