Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Criança negra chora e questiona após sofrer racismo: ‘Um dia eu vou ficar branco?’

O menino foi chamado de "cocô" por colegas da escola por causa da cor de sua pele

O Liberal

Um menino negro de apenas 5 anos apareceu chorando e lamentou uma situação de racismo sofrida por ele por colegas de uma escola estadual de SP, que o chamaram de “cocô” por causa da cor de sua pele. Em vídeo postado pela mãe da criança, a estilista Claudete Alphonsus, e publicado nas redes sociais, o pequeno questiona: “Mamãe, um dia eu vou ficar branco?”.

VEJA MAIS 

'Preto vencendo incomoda', afirma Paulo André sobre racismo contra ele e filho
O atleta e ex-BBB expôs prints criminosos contra ele e a criança de um ano

Miss Minas Gerais Kids, é alvo de comentários racistas: 'Isso não é cabelo de princesa'
A mãe da pequena Maria Eduarda denunciou os comentários em uma publicação na conta de Duda nas redes sociais

Mulher denuncia vereador após receber mensagens chamando a filha de 'pretinha feia e fedida'
As ofensas teriam começado após a mãe da criança publicar uma foto da filha com a filha do vereador

“Mamãe, eu não sou lindo. Eu sou um cocô, um chocolate”, disse o pequeno à mãe, chorando. Para tentar acalmar o filho, Claudete disse que ele era lindo e que não havia problema em ser negro. 

Nos vídeos, a mãe da criança disse que vai à escola para conversar com as professoras e escreveu que não suporta mais sentir essa dor, se referindo ao ocorrido com o filho. “Ele não sabe se defender. As crianças não sabem que está errado. Mas os pais sabem, as professoras sabem. E isso não pode se tornar rotina”, acrescentou a estilista. 

Por fim, Claudene disse que a ferida que abriram nela está difícil de cicatrizar. “Cuidem da saúde mental de suas crianças, sejam elas brancas ou marrons iguais às minhas”, publicou a mulher.

 
Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL