CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Reajuste da passagem: manifestação na sede da Semob é reprimida pela Guarda Municipal; vídeo

Grupo de manifestantes teria tentado invadir a sede da Semob, contrários aos reajustes propostos

João Paulo Jussara
fonte

Com o anúncio do aumento do valor da passagem de ônibus na Grande Belém para R$ 5,01, grupos de estudantes e trabalhadores fizeram mobilizações pela cidade na manhã desta quinta-feira (24). Os manifestantes foram à sede da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), em um shopping center na avenida Senador Lemos, onde pediram que o reajuste não fosse aprovado. A decisão final é do prefeito Edmilson Rodrigues.

Na frente da sede da Semob, o grupo se mobilizou para tentar participar dos diálogos acerca do reajuste da passagem. Em um determinado momento, a Guarda Municipal de Belém (GMB) interviu, e há relatos de que algumas pessoas foram agredidas. A estudante de Enfermagem Hanna Vilas, que está grávida, disse que sofreu com o uso do spray de pimenta por parte dos guardas.

"A gente só estava puxando palavras de ordem, eu estava bem na frente, inclusive, porque eu não vi que tinha risco. Foi quando nós vimos um senhor dizendo para os seguranças que não havia motivo para fechar o acesso ao shopping, e ele simplesmente torceu o braço do idoso. Foi nesse momento que a gente se revoltou e começou a andar para frente, e eles já vieram com spray de pimenta, mesmo eu gritando que eu estava grávida, mas eles vieram com muita truculência pra cima da gente", relatou a estudante.

image Preço da passagem de ônibus em Belém pode aumentar para R$5; prefeito ainda pode vetar; entenda
Segundo o Dieese/PA, reajuste de 39% foi aprovado pela maioria dos membros do Conselho e segue para aprovação do prefeito de Belém

Para o estudante de Ciências Sociais Gabriel Braga, o reajuste é absurdo, pois caso seja aprovado, Belém passará a ser a segunda capital com a passagem mais cara do Brasil, atrás apenas de Brasília (DF), onde o valor custa R$ 5,50. "Hoje mesmo a gente viu um ônibus pegar fogo no bairro da Terra Firme. Ontem, uma porta caiu de um ônibus em cima de uma pedestre que estava na rua", pontuou. "Isso tudo representa a precariedade do transporte público de Belém".

Semob diz que poder aquisitivo da população não é levado em conta

A superintendente da Semob, Ana Valéria Borges, explicou que o novo valor da passagem de ônibus ainda vai passar pelo Conselho Deliberativo (Condel), da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), e depois será encaminhado à prefeitura para a homologação. "Essa é uma planilha técnica tarifária. Isso vem sendo utilizado há várias décadas, então o que você trabalha são os itens que compõem a tarifa. A questão do poder aquisitivo não é um item que compõe essa análise, e sim o número de passageiros e o item de custo, por exemplo, e a partir daí você chega numa tarifa de equilíbrio", concluiu.

Em nota enviada à reportagem, a Guarda Municipal de Belém informou que atuou preventivamente para garantir a ordem pública, na sede da Semob, durante as ações de manifestação contra o aumento da tarifa de ônibus. "Contudo, um grupo de pessoas tentou ocupar o local gerando tumulto. Para controlar a situação, a Guarda teve que intervir para desocupar o espaço. Após esse momento tumultuado, os estudantes solicitaram uma conversa com a Semob e os representantes de governo, e foram atendidos. A administração municipal ressalta, ainda, que o ato foi uma ação isolada e a gestão prioriza o diálogo", disse o órgão.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM