Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Protesto na Augusto Montenegro: moradores fecham os dois lados da avenida

Motivação do protesto foi um acidente ocorrido no sábado (25), em frente a uma loja de departamentos no bairro Mangueirão, que levou a óbito um motociclista

O Liberal

Moradores do bairro do Mangueirão realizaram um protesto, na manhã desta segunda-feira (27), na avenida Augusto Montenegro, em Belém, em frente a uma loja de departamentos. Os dois lados da via foram fechados. A manifestação foi um pedido de justiça contra o grave acidente registrado na madrugada do último sábado (25), que levou a óbito um motociclista que foi atingido por uma caminhonete na faixa do BRT. O ato terminou por volta das 14h.

Homem morre após colisão com caminhonete na pista do BRT, na Augusto Montenegro
O caso aconteceu no bairro Mangueirão, em frente a uma loja de departamentos

O trânsito na avenida ficou congestionado e contou com a ajuda de agentes da Polícia Militar, além da própria população, para conter o fluxo e melhorar a passagem. Quem passou pelo local pode ver barreiras feitas na faixa de pedestre com objetos queimados.

Evandro Lobo, mototaxista, é amigo de parente das vítimas e explica que o motivo da interdição é pelo acidente que foi registrado no mesmo perímetro. “A gente não quer que isso fique impune. Essa não é a primeira vítima desse cidadão. Queremos justiça”, pede o trabalhador. 

Trabalhador de 28 anos foi vítima de acidente de trânsito no último sábado (25), em Belém (Reprodução/Redes Sociais)

Segundo Evandro, a vítima era conhecida como "Zé", tinha 28 anos, era entregador de pizza, mototaxista e deixou dois filhos. 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM