Pai de estudante picada por cobra na UFPA faz desabafo na internet

Em publicação feita em uma rede social, ele fala sobre o descaso que passou em um hospital público da capital

Redação Integrada

O pai da estudante universitária que foi picada por uma cobra da espécie jararaca, na última segunda-feira (22), na saída da Universidade Federal do Pará (UFPA), onde cursa o último ano do curso de Direito, usou sua conta em rua rede social para falar sobre os transtornos que enfrentou com a filha em busca de atendimento médico em Belém.

O servidor público Anderson Araújo iniciou a publicação com o seguinte desabafo: “Ontem, 22.04.19, tive uma das experiências mais frustrantes de minha vida, depois de já ter visto muito nesses meus 46 anos”. 

Em um outro trecho da publicação ele fala sobre a demora no atendimento e a superlotação no Hospital e Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti. “Quando cheguei lá não tinham feito a medicação ainda, pois era o horário da troca de turno e estavam aguardando os enfermeiros se apresentarem (mas o atendimento para nesse momento?). O hospital estava lotado; havia muitas macas nos corredores; pacientes deitados diretamente nelas, sem lençol ou qualquer outro tipo de proteção, sem cuidado e qualquer higiene; muita gente aguardando atendimento; muitos idosos”. 

“Fiquei acompanhando o prontuário de minha filha, com receio de lhe aplicarem medicação errada, tamanha a desorganização e a insegurança que sentimos lá naquele inferno”, explica em sua publicação. 

Anderson fala ainda sobre a falta de assistência do poder público, com relação à saúde. “Tenho certeza, no entanto, que nossas autoridades nunca entraram naquele Pronto Socorro para ficar algumas horas ali e sentir o tamanho do descaso da Saúde Pública, situação para a qual suas "políticas públicas" têm uma grande contribuição. Tenho esperança, como todo brasileiro, que a situação da saúde pública melhore em nosso país, mas é preciso se mexer e não ficar só aguardando a boa vontade daqueles que colocamos no poder”, desabafa. 

A redação integrada aguarda uma resposta da Prefeitura de Belém sobre as reclamações, pela demora no atendimento e superlotação na unidade, feitas pelo usuário.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!