Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Morador da periferia, feirante supera obstáculos e é aprovado na UFPA

“Quero dar uma vida digna para os meus pais”, diz José Gabriel, de 20 anos

Dilson Pimentel

Dar um futuro melhor para os pais motivava o feirante José Gabriel Barbosa do Carmo a ser aprovado na Universidade Federal do Pará. E ele começou a realizar esse objetivo ao ser aprovado, na semana passada, no curso de Matemática da UFPA. Gabriel tem 20 anos e outros dois irmãos, mas é o primeiro a ingressar em um curso superior. Há quase seis anos ele trabalha na feira do Paar, no município de Ananindeua, na região metropolitana de Belém.

Vende laranjas e cocos. Seus colegas de trabalho o chamam carinhosamente de “Gabriel Laranjinha”. Ele tentou ingressar na UFPA no ano passado, mas não conseguiu. E, desta vez, começou a frequentar o cursinho municipal, gratuito, da prefeitura de Ananindeua, para, assim, aumentar as chances de ser aprovado.

Na manhã de sexta-feira (25), e já com a cabeça rasgada, por causa da aprovação na UFPA, Gabriel conversou com a Redação Integrada de O Liberal. Ele acorda às 6 da manhã e vai caminhando para a feira. Um percurso que faz em 15 minutos.

Feirante é aprovado no curso de Matemática na Universidade Federal do Pará
Trabalhando o dia inteiro, José Gabriel, de 20 anos, ainda arrumou tempo para estudar à noite, em Ananindeua

Pela manhã, trabalha das 7 às 12h30. Vai em casa, almoça, descansa um pouco e recomeça a jornada às 15h30. O trabalho termina por volta das 19 horas. Mesmo cansado, pois trabalha na rua, ele arrumou tempo e disposição para estudar à noite. O cursinho começava às 19h30 e terminava às 21 horas. Chegava em casa e, logo em seguida, dormia, pois a batalha recomeçaria na manhã seguinte. “Só queria saber de descansar”, conta.

José Gabriel, que vende laranjas na feira do Paar, foi aprovado no curso de Matemática na UFPA (Igor Mota/O Liberal)

"Sempre quis colocar meus pais em um lugar melhor", diz Gabriel

Às vezes, não jantava. Mas é que, ao longo do dia, “sempre comida alguma coisa - uma merenda, um lanche”. Para não desistir, pensava nos pais, a dona de casa Damiana e José Tecias, que é líder de porto - ou seja, organiza, em uma empresa, os caminhões que são transportadas na balsa, em Outeiro. “Quero dar uma vida mais digna para os meus pais. Sempre quis colocar eles em um lugar melhor, mais adequado para eles. Eles merecem muito”, disse. “Minha mãe é muito batalhadora”, completou.

Gabriel soube da aprovação do meio de sua mãe. E levou um tempinho para assimilar a informação: “Minha mãe que me falou. Na hora, assim, que fiquei ‘voado’. Ela ficou feliz pra caramba. Ela se tremia todinha. Pensei até que tava passando mal”. Ele ficou surpreso com a repercussão de sua aprovação, uma notícia muito compartilhada nas redes sociais. Muita gente o parabenizou e disse que ele é inspiração para as pessoa que buscam um futuro melhor.

Feirante diz que sempre tirou boas notas em Matemática

Gabriel disse que ainda não conseguiu responder a quem o parabenizou, até porque está sem celular. Para falar com ele, o contato é por meio da mãe. “Assim que der tempo, respondo todos”, prometeu. Ele optou por Matemática porque disse que sempre gostou dessa disciplina, que, geralmente, é o “bicho-papão” para muitos alunos. “Sempre tirei boas notas em Matemática. Sempre tive professores maravilhosos”, contou. Para os que buscam uma vaga em um curso superior, Gabriel diz para que não desistam. “Se eu consegui realizar metade do meu sonho, eles também podem. Isso aí é maravilhoso”, afirmou.

A metade é ter ingressado na UFPA, o que ele classifica como um “passo muito grande”. A outra metade é “completar”. Ou seja, se formar e conseguir um emprego.  Dona Damiana é só alegria e orgulho com a conquista do filho. “Foi uma vitória. É a segunda vez que ele tentou e, graças a Deus e ao esforço dele, deu tudo certo”, disse. “Eu insisto muito nos estudos dele e dos irmãos, para que nunca desistam, porque um dia daria certo. É uma emoção e gratidão. Uma mistura de sentimentos”, afirma.

Palavras-chave

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM