Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Consultas públicas definem rumos de Programa de Saneamento

Apresentação de dados e recebimento de propostas ocorrem online e no presencial

O Liberal

Como parte do planejamento de ações do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben II), duas consultas públicas estão programadas pela Prefeitura de Belém para esta semana: nesta quinta-feira (14) e na sexta-feira (15). 

A consulta desta quinta (14), de forma presencial, ocorrerá das 15 às 17 horas, no Boteco do Combu, na Ilha do Combu. O evento terá como foco os Estudos Ambientas do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) da Bacia da Estrada Nova. Serão apresentados o projeto e o Relatório de Controle Ambiental (CRA) do Sistema. A atual etapa do programa está orçada em cerca de US$ 144 milhões, envolvendo a Prefeitura de Belém e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O SES tem previsão para ser concluído em dois anos (2023).

Já nesta sexta-feira (15), será realizada outra consulta, das 19 às 21 horas, mas pela internet, com ponto de acesso no estacionamento do Promaben, onde será instalado um telão com transmissão ao vivo e microfones para que a população possa se manifestar e ter seus questionamentos respondidos. Moradores de Belém podem participar da consulta pública sobre o assunto por meio do site: sesbaciaestradanova.belem.pa.gov.br. Esse procedimento foi aberto no dia 4 deste mês e permanecerá até o dia 22 de outubro. No site, as pessoas têm acesso a dados sobre o projeto e RCA do SES.

Sistema de esgotamento

Com uma vazão média de 143,26 litros por segundo, o SES da Bacia da Estrada Nova terá uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), em área limítrofe ao Canal da Quintino, às margens do Rio Guamá, na Sub-bacia 2. Terá, ainda, estações elevatórias de esgoto bombeando material de áreas mais baixas para a ETE, antes do lançamento via emissário subaquático no Rio Guamá e rede de esgoto interligada às casas dos moradores.

“Todo o esgoto dessa área receberá um tratamento de qualidade antes de ser devolvido ao meio ambiente”, esclarece Alex Ruffeil, subcoordenador ambiental do Promaben.

Esse Sistema atenderá a 84 mil moradores do bairro do Jurunas e parte dos bairros de Batista Campos, Cidade Velha e Condor, na Sub-bacia 1, incluindo a Orla de Belém; e parte da Sub-bacia 2, na área do Miolo do Jurunas; além da contribuição pontual do Conjunto Habitacional e Centro Comercial, que serão construídos na travessa Quintino Bocaiuva, para realocação de moradores que serão remanejados pelas obras Promaben II.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM