Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Concluída a escavação do primeiro dos quatro túneis do BRT Metropolitano

Os túneis, também denominados Passagens Inferiores (PI), serão exclusivos para os ônibus do sistema BRT

O Liberal

Foi concluída nesta terça-feira (20) a escavação integral de um dos quatro túneis do BRT Metropolitano. Os túneis, também denominados Passagens Inferiores (PI), serão exclusivos para os ônibus do sistema BRT. Dois deles darão acesso ao Terminal de Integração de Ananindeua - na altura do KM-07 -, e os demais ao Terminal de Integração de Marituba, passando a entrada da Alça Viária. A previsão é que os quatro sejam concluídos nos próximos quatro meses.

VEJA MAIS:

Circulação de táxis no BRT gera polêmica em Belém
Em 2021, foram registradas 14 ocorrências na via expressa. Usuários mostram-se divididos quanto a projeto de lei

BRT Metropolitano: população pede mais agilidade nas obras; entenda a demora
Novo consórcio assumiu obra atualmente orçada acima de R$ 478 milhões. Prazo para conclusão foi estendido para março de 2023.

BRT Metropolitano: população pede mais agilidade nas obras; entenda a demora
Novo consórcio assumiu obra atualmente orçada acima de R$ 478 milhões. Prazo para conclusão foi estendido para março de 2023.

“Com a conclusão da escavação invertida na PI de número 1, quer dizer que já temos uma condição de acesso de dentro do Terminal de Ananindeua para a BR-316. Ontem (20) foi concluída a etapa, e agora vamos partir para as obras de acabamento: laje inferior, revestimentos das estacas secantes e a parte de drenagem”, explicou o diretor-geral do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), engenheiro Eduardo Ribeiro. Os trabalhos nos outros três túneis, mais um em Ananindeua e dois em Marituba, prosseguem em ritmo acelerado.

De acordo com o titular do Núcleo, “as PIs serão os túneis de acesso dos ônibus do BRT Metropolitano que trafegarão nas canaletas centrais da BR-316, direto para os terminais, sem interferir com o fluxo da BR”. Ainda segundo Eduardo Ribeiro, os túneis variam de 100 a 160 metros de extensão, com 5,5 metros de altura.

Para essa construção, que faz parte do conjunto de obras executado dentro do projeto de restruturação dos primeiros 10,8 quilômetros da BR-316, a metodologia aplicada é inédita na região, segundo o NGTM, e reduz os impactos no dia a dia da população. “Aqui foi aplicada uma estrutura de túneis com estacas secantes e lajes de cobertura, para depois ser feita a escavação invertida. Uma obra executada sem desvio de tráfego ou fechamento da BR, o que provocaria uma descontinuidade de fluxo de veículos na rodovia, lembrando que a BR é a principal via de acesso a Belém, por onde trafegam cerca de 80 mil veículos por dia”, acrescentou o engenheiro.

Frentes de trabalho

O cronograma de obras do BRT Metropolitano prossegue em outras frentes, como fundações das passarelas para pedestres; avanço na construção do corredor do BRT Metropolitano no canteiro central da rodovia, entre o KM-04 e KM-09; continuidade da construção do viaduto de Ananindeua; lançamentos de drenagem; atividades nos terminais de integração (Ananindeua e Marituba) e obras de acabamento no Centro de Controle Operacional (CCO).

O NGTM, responsável pelos trabalhos na rodovia, orienta ainda os motoristas a seguirem por algumas vias alternativas para minimizar os transtornos, apresentando as seguintes sugestões: Entrada na capital - acessar a Avenida Independência, Avenida Centenário e Avenida Pedro Álvares Cabral ou a Rodovia Mário Covas e avenidas Augusto Montenegro ou João Paulo II; saída da capital - Avenida João Paulo II e BR-316 ou avenida João Paulo II, Mário Covas, Independência e BR-316.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM