Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

​Belém vacina contra covid-19, gripe e sarampo a partir de sábado (21/05)

Reforço faz parte da estratégia “Ação Democrática – Vacina ao Povo”

O Liberal

A vacinação contra covid-19, influenza e sarampo será reforçada em Belém a partir deste sábado (21). Esse reforço faz parte da estratégia “Ação Democrática – Vacina ao Povo” implementada pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) para facilitar ainda mais o acesso às vacinas, além de aumentar o número de pessoas vacinadas.

VEJA MAIS

Anvisa prorroga uso emergencial de vacinas contra a covid-19
Pela nova determinação, a entidade garantiu a liberação dos imunizantes por mais um ano no Brasil. Após esse prazo, as empresas terão que pedir o registro sanitário definitivo

Belém iniciou 4ª dose para novos grupos, incluindo pessoas a partir de 60 anos
Também estão sendo aplicadas vacinas contra influenza e sarampo.

A partir deste sábado (21) até o dia 3 de julho, serão sete finais de semana consecutivos com ações itinerantes em diversos bairros da cidade, que serão atendidos pelo ônibus da Sesma equipado para a vacinação. Além das ações móveis, todos os sábados neste mesmo período, a Aldeia Cabana, no bairro da Pedreira, se transformará em um ponto fixo de vacinação, em esquema de drive-thru, para ate​​nder as pessoas em automóveis ou não.

A Sesma reforça que as vacinas também seguirão disponíveis, neste período, nos pontos de vacinação que funcionam nos shoppings de Belém, que seguem funcionando durante a semana até sábado. Além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que estão funcionando de segunda a sexta-feira. Essas ações serão coordenadas pela Sesma e terão apoio integral das Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas de Belém.

Para o diretor de vigilância à saúde da Sesma, Adriano Furtado, é necessário aumentar a cobertura vacinal dessas três vacinas em Belém. “Principalmente do sarampo e da Influenza, pois ainda estamos abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. É importante destacar que as vacinas são gratuitas, estão disponíveis e a gente conta com a população para que compareça aos pontos de vacinação e postos de saúde disponíveis na capital”, reforça.

Quem pode vacinar?

Contra a Influenza podem se vacinar os seguintes grupos prioritários: idosos de 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, gestantes, puérperas, professores da rede pública e privada, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e pessoas com deficiência.Também são grupos prioritários os caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo, trabalhador portuário, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema penal, população privada de liberdade e ainda adolescentes e jovens em cumprimento de medida socioeducativa.

Já contra o sarampo, a campanha está voltada para todas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade e trabalhadores de saúde. Contra covid-19 poderão se vacinar todos aqueles (crianças, jovens, adultos e idosos) que ainda não receberam a primeira ou a segunda dose, bem como as pessoas acima de 18 anos, que foram vacinadas com a segunda dose até janeiro deste ano e que ainda não receberam a terceira dose.

A dose de reforço (terceira ou a quarta dose) deve ser feita com intervalo de quatro meses da dose anterior. A quarta dose está disponível para todos os imunocomprometidos, a partir de 12 anos de idade, com apresentação de uma cópia do laudo, atestado ou outro documento que comprove alto grau de imunossupressão.

Além dos imunocomprometidos, os idosos (com 60 anos ou mais), os trabalhadores de saúde, as gestantes e as puérperas, trabalhadores da educação do ensino básico e superior (professores, especialistas e funcionários das unidades de ensino), trabalhadores das Forças Armadas, forças de segurança e salvamento (policiais federais, civis, militares e rodoviários, bombeiros militares e civis e guardas municipais, com 18 anos ou mais) que receberam as três doses há quatro meses ou mais, também estão aptos a receber a quarta dose.

Quais documentos devem ser apresentados?

Para se vacinar, é necessário apresentar RG, CPF, comprovante de residência e o cartão de vacinação de Belém. Os imunocomprometidos, pessoas com deficiência e doenças crônicas precisam apresentar laudo ou receita médica, que comprove a condição. Já os profissionais da saúde e demais trabalhadores que estão aptos a vacinar precisam apresentar carteira profissional, crachá ou outro documento comprobatório do exercício da atividade.

Confira os locais de vacinação:

Shoppings de Belém: A vacinação segue normalmente neste sábado (21), das 10h às 17h, nos shoppings Pátio Belém, Boulevard, Grão-Pará, Parque Shopping e IT Center. No domingo (22), não haverá vacinação nestes espaços.

Ações itinerantes - Ônibus Vacina:

  • 21/05 - 8h às 13h - Praça Benedito Monteiro (Guamá)
  • 22/05 - 8h às 13h - Praça Brasil
  • 28/05 - 8h às 13h - Solar da Beira
  • 29/05 - 8h às 13h - Praça Princesa Isabel (Condor)
  • 04/06 - 8h às 13h - Mercado de São Brás
  • 05/06 - 8h às 13h - Praça Dom Alberto Ramos
  • 11/06 - 8h às 13h - Mangueirinho
  • 12/06 - 8h às 13h - Praça Cordeiro de Farias (Tapanã)
  • 18/06 - 8h às 13h - Praça Matriz (Icoaraci)
  • 19/06 - 8h às 13h - Pistão (Outeiro)
  • 25/06 - 8h às 13h - Assaí Entroncamento
  • 26/06 - 8h às 13h - Mosqueiro
  • 02/07 - 8h às 13h - Praça São Domingos de Gusmão (Terra Firme)
  • 03/07 - 8h às 13h - Praça da República

Ações fixas com Drive-thru:

Aldeia Cabana - 8h às 13h. Dias 21/05; 28/05; 04/06; 11/06; 18/06; 25/06 e 02/07.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM