Belém contará com prova para identificar indivíduos superinteligentes; confira como participar

A prova será pela Mensa e contará com testes na capital paraense no dia 26 de novembro

Gabriel Pires
fonte

Belém recebe no próximo dia 26 de novembro um teste para avaliar e identificar pessoas “superinteligentes”. A prova, que será realizada pela Mensa Brasil - sociedade que reúne pessoas com alto quociente de inteligência (QI) - contará com rodadas de testes de admissão e com uma avaliação QI para determinar esses indivíduos com inteligência muito acima da média. As avaliações são destinadas às pessoas com 17 anos ou mais e que estejam cursando ou que tenham cursado o ensino superior. O local e horário do teste é informado de maneira individual e privada aos inscritos. Os testes são feitos de forma presencial, com o acompanhamento de um profissional de psicologia, conforme diretrizes do Conselho Federal de Psicologia (CFP).

 

Para se inscrever, os interessados devem acessar o site da Mensa ou entrar em contato pelo e-mail testes@mensa.org.br. A iniciativa é realizada pela Associação Mensa Brasil, entidade que reúne pessoas e profissionais de altas capacidades intelectuais no país. Além de Belém outras 18 cidades brasileiras recebem o exame, dentre elas: Araraquara (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP), Vale do Paraíba (SP) e Vale do Aço (MG).

VEJA MAIS

image Superinteligentes do Brasil: Belém tem um integrante na lista; confira
Associação Mensa Brasil fará testes de admissão em 15 cidades brasileiras, para identificar indivíduos com altas habilidades no País

image Entidade mundial procura ‘superinteligentes’ em Belém e mais 17 cidades brasileiras
Os testes são destinados às pessoas com 17 anos ou mais e que estejam cursando ou que tenham cursado o ensino superior

image Belém terá prova para identificar pessoas superinteligentes, saiba como participar
Confira como se inscrever e participar do teste que identifica quem possui inteligência acima da média

A associação é a afiliada brasileira oficial da Mensa Internacional, principal organização de alto QI do mundo. A entidade está presente em cerca de 100 países e conta com, aproximadamente, 145 mil membros. E, ainda, a associação tem levantado dados e informações, para ajudar a traçar um perfil dos superinteligentes no Brasil.
 
Segundo Rodrigo Sauaia, presidente da Associação Mensa Brasil, o tema das altas capacidades cognitivas é de suma importância para o País. “A inteligência é ferramenta cada vez mais estratégica para o desenvolvimento e a evolução da sociedade, em todos os campos da vida humana. Por isso, precisamos identificá-la e fomentá-la no Brasil. Com isso, poderemos melhor aproveitar essas capacidades, em benefício dos indivíduos e da humanidade”, explica Sauaia.

Brasil é potência intelectual

Na avaliação de Sauaia, o Brasil é uma potência intelectual ainda adormecida e subaproveitada. “Temos uma das maiores populações do planeta. Cerca de 2% dos habitantes do País podem apresentar sinais de altas habilidades, com um QI muito acima da média. Porém, ainda não há um mapeamento organizado e abrangente destes indivíduos. Também faltam programas e políticas públicas adequadas para apoiá-los a se desenvolver e contribuir com o avanço da nossa sociedade. Estamos desperdiçando talentos preciosos para o Brasil”, frisou Sauaia.
 
“Por isso, nossa entidade está comprometida em aumentar o conhecimento da população sobre o tema, ampliar a identificação de pessoas com alto QI e criar um ambiente positivo para que possam interagir e se desenvolver”, complementou Sauaia.

O alto QI

De acordo com a Mensa, um dos principais mitos sobre pessoas superinteligentes é de que se trata de um grupo homogêneo, com personalidades e históricos parecidos. Em realidade, o alto QI está presente em diferentes etnias, gêneros, classes sociais, níveis de escolaridade, situações econômicas e em personalidades com as mais variadas visões de mundo.

(Gabriel Pires, estagiário, sob a supervisão do coordenador do Nucleo de Atualidades, João Thiago Dias)

Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM