CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Açaí com comida: belenenses ensinam o melhor jeito de consumir o fruto

No Ver-o-Peso, vendedor e consumidores comentaram que o melhor jeito de tomar açaí é com comida, como com peixe frito e charque

Dilson Pimentel

"Açaí com mistura não é açaí. É sorvete". É o que afirmou Alberto Silva, 54 anos, que trabalha em uma barraca de venda de açaí no Ver-o-Peso há 34 anos. “O açaí típico é aquele batido na hora. Ele fica nessa qualidade aqui. O nosso verdadeiro açaí. O tradicional”, diz ele, mostrando o açaí que acabou de ser batido e já está pronto para ser consumido.

Para acompanhar, um peixe frito. “Um filhote, uma dourada, uma pescada ou pirarucu”, afirmou. Mas também, disse, "pode ser um charque". Alberto fez a afirmação ao comentar o vídeo de uma jovem do Rio Grande do Sul comparando o açaí paraense com o açaí vendido no estado sulista, o que gerou polêmica nas redes sociais. A jovem, que aparentemente vende a iguaria, mostrou como costuma montar um copo de açaí que seria “típico” na região e ainda afirmou que o açaí do Pará seria "inusitado".

Ela diz que o açaí consumido no estado do Sul do Brasil, com complementos doces e ingredientes como chocolate e outras frutas, também seria a escolha em várias outras cidades e locais no mundo. Antes de começar a montagem, a jovem ainda diz que vai mostrar como fazem o ‘açaí de verdade’ no local.

VEJA MAIS

image Jovem gera polêmica ao comparar açaí do Pará com açaí consumido no Rio Grande do Sul: 'Inusitado'
O vídeo compartilhado nas redes sociais gerou uma grande repercussão

image Gusttavo Lima surpreende fãs ao levar litro de açaí ao palco em show no Mangueirão
O cantor sertanejo serviu o fruto diretamente na boca de um membro da banda, arrancando risadas do público

image Em festa de casamento, noivos surpreendem os convidados com 'Open de Açaí' no buffet; veja
Eles pediram ao cerimonial do evento uma ideia nova e inusitada, foi quando surgiu a ideia de oferecer açaí com charque, camarão e as famosas farinhas da cidade de Bragança

Alberto Silva disse ainda que o açaí com outras misturas, para o paraense, não é açaí de verdade. “Aqui, para nós, se torna um sorvete. Respeito as outras cidades onde as pessoas consomem açaí com granola, com banana. Mas, aqui, o tradicional é melhor. O açaí puro: sem mistura de nada”, afirmou. “O nosso é saboroso e nutritivo. O nosso açaí deixa a gente com aquela energia para trabalhar o dia todo, ainda mais nessa quentura”, completou.

image Marilea Oliveira gosta de consumir açaí com peixe frito (Ivan Duarte/O Liberal)

"Açaí com peixe frito: esse é o verdadeiro", diz estudante de Fisioterapia

Cursando Fisioterapia em uma faculdade particular de Belém, Marilea Oliveira, 40 anos, consumia um peixe frito com açaí no Ver-o-Peso e apontou a combinação ideal para se alimentar do fruto “Açaí com farinha de tapioca, com camarão ou peixe frito", disse. “Esse é o verdadeiro. Se não for assim, não é o nosso açaí”, afirmou.

Segundo a universitária, o açaí com outras misturas não é mais açaí. “É um sorvete, um creme, uma sobremesa”, comentou. “O jeito certo é o nosso”, afirmou Marilea Oliveira. Quem estiver consumindo o produto de outra forma, afirmou, é que está fazendo de forma diferente, sendo, portanto, inusitado. Ela afirmou que consome açaí quase todo dia.

Em outra barraca ali perto, o funcionário público federal Álvaro Gonçalves, 60 anos, também saboreava um açaí com peixe frito. “Para mim, é açaí com peixe frito e farinha”, afirmou. “Se não for essa combinação, não serve”, afirmou. Para ele, não “presta” misturar açaí com, por exemplo, banana e granola. “Aí virou vitamina”, afirmou. Álvaro aproveitou e mandou um recado para quem está consumindo açaí da maneira diferente que os paraenses. “Pessoal, a nossa energia vem daqui: açaí com peixe frito. Esse é o certo”, garantiu, acrescentando que, se pudesse, tomaria açaí todo dia. No Ver-o-Peso, o peixe frito com açaí custa R$ 25.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Belém
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM