Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sete perguntas para Erick Monteiro, vice-prefeito de Ananindeua

No bate-papo com a reportagem do O Liberal, Erick falou sobre desafios na saúde de Ananindeua e seu futuro na carreira política

Daleth Oliveira

Erick Monteiro, de 46 anos, é natural de Capitão Poço e há alguns anos mora em Ananindeua, onde exerceu dois mandatos de vereador. Na primeira campanha foi eleito com 2.564 votos pelo PP. Já em sua reeleição, desta vez pelo PSDB, dobrou o número de votos, ficando em quarto lugar, com  4.470 votos. Hoje, é presidente do diretório municipal do PSDB na cidade.

Confira a seguir o bate-papo com o vice-prefeito de Ananindeua.

1- Erick, você nasceu em Capitão Poço, cidade do interior paraense, cresceu em Belém e hoje vive em Ananindeua. Por que Ananindeua?

Meu pai se formou em medicina na UFPA em 1969, e passou a exercer a profissão em Capitão Poço, sendo o primeiro médico da cidade naquela época. Inclusive, nasci no hospital da nossa família, que hoje leva o nome do meu saudoso pai, Dr. Aldomar Araão Monteiro. Fiz minha alfabetização na escola estadual Professor Padre Vitalino Bernini, em Capitão Poço, e nos mudamos para Belém para concluir meus estudos. Passei no vestibular da UEPA, cursei dois anos de medicina e depois dois anos de direito no Cesupa. Eu cuidava de uma loja de automóveis em Belém e a nossa família abriu um hospital em Ananindeua, que estava em expansão naquela época, e nos mudamos pra cá faz 12 anos.

2- Com base no seu histórico familiar e experiência profissional, qual o maior desafio em gerir a saúde pública nos dias de hoje?

Encaramos um desafio muito grande ao assumir a Prefeitura em meio à pandemia do coronavírus. Mas, avançamos no calendário de vacinação em Ananindeua e aplicamos o maior número de doses recebidas, o que contribuiu com a diminuição de casos mais graves em nossa cidade.

3- Na condição de vice-prefeito, qual foi a sua contribuição na Saúde de Ananindeua?

Cuidar da saúde das pessoas é uma preocupação diária, é um compromisso meu e do Dr. Daniel. Já avançamos muito em um ano e meio de gestão, desde a campanha de vacinação, a implantação de ambulatórios fixos e itinerantes contra a covid-19 até as ações de modernização e humanização nas Unidades de Saúde, com reformas, construções, implantação do prontuário eletrônico para dar agilidade ao atendimento, criação de novas vagas para profissionais de saúde por meio de concurso público, além de qualificação e capacitação. 

4- Qual balanço você faz da sua atuação como vice-prefeito em Ananindeua? 

A prefeitura tem obras nos dois lados da BR. Faço questão de destacar o trabalho que estamos desenvolvendo para abrir dois hospitais públicos no município, marcos inéditos para Ananindeua. Desapropriamos o Camilo Salgado e estamos avançando nos trâmites para a readequação do prédio para sua abertura, assim como acompanhamos, diariamente, a celeridade das obras do hospital pediátrico que estão a todo vapor. 

5- Você já foi vereador em Capitão Poço e em Ananindeua. Desde o início, pensavas em atuar como vice-prefeito com vistas à uma candidatura de deputado estadual?

Faço parte de um grupo, que trabalha em união e busca sempre o melhor para a população. Minha amizade com o (prefeito) Dr. Daniel começou quando fomos vereadores de Ananindeua. Ele foi o mais votado em 2016, eu fiquei em quarto lugar. Ele se tornou presidente da Câmara Municipal e logo depois iniciamos um trabalho para eleger ele como deputado estadual, que era um sonho meu e eu decidi adiar, porque eu acho que tudo tem seu tempo. Hoje, ele é prefeito, e o município precisa de uma maior representatividade no legislativo estadual.

6- Além da saúde, você tem algum outro projeto, em outra área, em Ananindeua?

Na época que fui vereador, criei um projeto chamado “Ananindeua Limpa, Ananindeua Linda”. Isso contribuiu bastante com a limpeza das ruas, das feiras e das praças da nossa cidade, com a realização de ações de conscientização sobre o descarte de lixo. 

7- Somando os seus votos obtidos em Ananindeua e Capitão Poço, não ultrapassaram os 10 mil votos. Pensando nisso, como você pretende ter votos necessários para conquistar uma cadeira no Legislativo Estadual?

Ananindeua é vista hoje como a vitrine da política paraense. O governador e o presidente da Assembleia Legislativa são de Ananindeua, começaram sua trajetória aqui. O prefeito Dr. Daniel e o ex-prefeito Manoel Pioneiro, que foram deputados estaduais e presidentes da Alepa, moram aqui. Então, eu acredito que a nossa cidade é a grande condutora da eleição estadual, embora todo pleito seja diferente. Mas, é aqui que as coisas estão sendo decididas.

Ananindeua
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA