Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Decretada a prisão preventiva de apoiador de Bolsonaro que matou militante do PT a tiros

Marcelo Aloizio de Arruda, de 50 anos, foi assassinado na própria festa de aniversário. O autor dos disparos foi o policial penal federal Jorge Guaranho

O Liberal

O Ministério Público do Paraná anunciou, na manhã desta segunda-feira (11), que a Justiça decretou a prisão preventiva do policial penal federal Jorge Guaranho, suspeito de matar o guarda municipal Marcelo Aloizio de Arruda. A Polícia investiga se as motivações do crime envolveram conflito político entre os dois, já que a vítima comemorava seus 50 anos com uma festa com o tema do PT e é tesoureira do partido, enquanto Jorge Guaranho é apoiador do presidente Jair Bolsonaro. As informações sobre a prisão foram divulgadas pelo G1 do Oeste e Sudeste do Paraná.

Segundo o promotor de Justiça Tiago Lisboa Mendonça, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) fará parte da equipe de investigações.

VEJA MAIS

Câmeras de segurança mostram discussão entre militante petista e bolsonarista; veja o vídeo
O policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho, apoiador de Bolsonaro, invadiu o aniversário e atirou contra Marcelo Aloizio de Arruda, apoiador de Lula, que morreu

Famosos e anônimos lamentam morte de petista por apoiador de Bolsonaro
Guarda municipal Marcelo Arruda foi morto a tiros por Jorge José da Rocha Guaranho, no último sábado (9)

Delegada nega que bolsonarista suspeito de matar militante do PT esteja morto
Jorge José da Rocha Guaranho está internado em situação estável

Presidente Bolsonaro se pronuncia sobre morte de militante petista; veja
Em suas redes sociais, Jair Bolsonaro disse que ‘dispensa’ apoio de quem pratica violência contra opositores e fez ataques à esquerda: ‘É o lado de lá que dá facada, que cospe, que destrói patrimônio’, escreveu

"Vários pontos precisam ser esclarecidos. Qual razão ele esteve no local? Foi apurado de que ele era membro de uma associação da região. Em razão de que ele poderia estar ai fazendo rondas externas que eram feitas, mas é necessário apurar. [...] Outro motivo é se havia alguma indicação de que ali ocorria festa temática, música e afins. [...] Para a apuração talvez façamos a reprodução simulada dos fatos. [...] Quanto antes esclarecer os fatos, por qual razão esse crime bárbaro foi cometido e punir o responsável ou responsáveis”, declarou.

O crime ocorreu na madrugada de domingo (10), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Câmeras de segurança mostram discussão entre militante petista e bolsonarista 

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que Jorge Guaranho chega ao local da festa e discute com Marcelo Arruda. Depois, o apoiador de Bolsonaro retorna e invade a festa, atirando no petista.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA