Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

‘Vovó do tráfico’ e filho são presos em Cametá

Na delegacia da cidade, a idosa teria dito que a droga era de seu filho e que ele seria apenas usuário. O rapaz teria confirmado ser o proprietário do entorpecente que chega até ele através de um desconhecido

O Liberal

A idosa Maria do Carmo, mais conhecida como “Vovó do Tráfico”, de 67 anos, e o filho dela, Max Corrêa, foram presos pelo crime de tráfico de drogas na tarde desta segunda-feira (15), na cidade de Cametá, nordeste paraense. Com os dois, a polícia apreendeu as drogas, celulares que seriam produto de furto/roubo, aproximadamente R$ 500,00 em dinheiro, uma balança de precisão e material que, possivelmente, era usado para embalar o entorpecente.

Na delegacia da cidade, a idosa teria dito que a droga era de seu filho e que ele seria apenas usuário. O rapaz teria confirmado ser o proprietário do entorpecente que chega até ele através de um desconhecido.

De acordo com o tenente Castro, da Polícia Militar de Cametá, a guarnição estava em patrulhamento pelo bairro Primavera, quando avistou um homem, que seria Max, em atitudes suspeitas. Questionado pelos policiais militares, ele teria dito que estava se deslocando para comprar entorpecentes na casa da “Vovó do Tráfico”.

“Nós retornamos o quarteirão para ver se tinha mesmo indício de tráfico de drogas e, ao pararmos na frente de sua residência, três indivíduos empreenderam fuga. Provavelmente, estavam comprando droga no local”, explicou o tenente.

“Neste momento, nós fizemos o cerco na sua residência, a senhora (“Vovó do Tráfico”) autorizou a nossa entrada. Em cima da mesa, tinha uma quantidade (de drogas). Nós encontramos dinheiro trocado em vários cômodos da casa. Inclusive, uma parte desse dinheiro estava escondida dentro de uma vasilha de farinha”, revelou o policial militar.

Ainda segundo o PM, a idosa teria informado que não havia mais entorpecentes dentro da casa. Mas, após uma busca minuciosa, os policiais encontraram drogas dentro do quarto da “Vovó do Tráfico”. O material estava escondido em uma bermuda que seria da idosa. Indagada, ela teria dito que a droga foi colocada ali pelo seu filho.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA