Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Trio é preso em flagrante com quase cinco quilos de maconha, em Parauapebas

Acriseudes da Conceição de Sousa, de 30 anos, Pablo Santos de Sousa, de 25, e Karollyne Nascimento Portela, de 22, estavam com a droga escondida em duas residências

Redação Integrada (com informações de Caetano Silva, do portal Zé Dudu)

Três pessoas foram presas em flagrante na noite desta segunda-feira (19), em Parauapebas, sudeste paraense, pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Acriseudes da Conceição de Sousa, de 30 anos, Pablo Santos de Sousa, de 25, e Karollyne Nascimento Portela, de 22, foram flagrados com quase cinco quilos de maconha prensada.

O primeiro a ser preso, no bairro Caetanópolis, foi Acriseudes de SOusa, que estava em um Celta vermelho, estacionado em frente a um condomínio. Os policiais fizeram uma abordagem no veículo, que foi revistado, e sob um dos bancos foi encontrada uma pequena quantidade de maconha.

No momento, Acriseudes disse que a droga seria para consumo próprio, no entanto, após os agentes examinarem o celular dele, encontraram mensagens onde o acusado comunicava outra pessoa sobre a entrega da droga.

Em seguida, a guarnição seguiu para a casa do acusado, onde os militares encontraram, no forro do imóvel, mais 4,8 quilos de maconha prensada em tabletes, além de material utilizado na embalagem da droga.

Após ser interrogado, Acriseudes delatou o vizinho da frente, Pablo de Sousa. Na casa dele, os policiais encontraram mais 200 gramas de maconha. Na ocasião, chegou ao local Karollyne Portela, mulher de Pablo. Os três receberam voz de prisão e foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA