Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de estuprar e jogar menina em rio morre na cadeia

Preso passou mal pela manhã e foi levado para o hospital da cidade, mas pouco tempo depois de retornar delegacia e ser devolvido à cela, foi encontrado morto

O Liberal

O homem acusado como autor do estupro seguido do homicídio de uma menina de 5 anos na Comunidade Betel, em Serra da Valéria, município de Parintins (AM), foi encontrado morto na manhã desta sexta-feira (18), dentro de uma cela da cadeia municipal, como noticiado pelo Portal do Holanda.

Leia mais:

Homem é preso após estuprar e jogar corpo de menina de 5 anos em rio

O crime ocorreu na última segunda-feira (14) e o corpo da criança foi encontrado um dia depois. Edno Michiles da Silva, de 20 anos, foi preso após confessar o crime à polícia. Ele foi detido por populares e quase foi linchado até a chegada da guarnição da PM.

O acusado usou um celular para atrair a pequena Wemily Santos da Silveira, e depois estuprá-la e matá-la afogada. Após o crime, o acusado fugiu. Mas a família da menina já sabia que ele estava envolvido no desaparecimento da criança e estava atrás dele. Os próprios familiares de Edno o entregaram às autoridades.

Por volta das 8h ele teria passado mal e chegou a ser levado para o hospital da cidade. Ao retornar para a delegacia, Edno foi novamente colocado na cela. Mas, horas depois foi encontrado morto. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil vai investigar o crime.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA