Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de envolvimento em homicídio morre depois de confronto com a polícia em Cametá

Yonab Pinto Ribeiro era suspeito de envolvimento no assassinato de Lucielson Bahia Portilho

O Liberal

Yonab Pinto Ribeiro morreu de troca de tiros com a Polícia Militar na manhã de quinta-feira (15) na vila de Juaba, em Cametá, nordeste paraense. O homem era suspeito de envolvimento no assassinato de Lucielson Bahia Portilho, no dia 29 de maio de deste ano, em Tucuruí, sudeste do Pará.  A intervenção policial supostamente foi registrada na Corregedoria Geral da PM. As informações são do Gazeta do Pará. 

VEJA MAIS

Suspeito de matar engenheiro em Belém é morto ao atirar em policiais civis
Ele era apontado como um dos executores do engenheiro civil Ruy Martins dos Santos Junior, vítima de latrocínio no dia 10 deste mês

Adolescente morre em confronto com a PM
Jovem já tinha diversas passagens pela polícia

Dois morrem em confronto com a PM em Parauapebas
Homem e adolescente atiram contra policiais, que revidaram

De acordo com a PM, os policiais realizavam o mandando de prisão contra Yonab na vila de Juaba. Ao chegar no local, os militares foram recebidos a tiros e decidiram revidar. O suspeito foi atingido por disparos de arma de fogo e precisou ser encaminhado para o Hospital Regional de Cametá (HRC), mas não resistiu aos ferimentos. 

Yonab Pinto é suspeito de participação em diversos crimes na região de Tucurí. A redação integrada de O Liberal solicitou mais detalhes sobre o caso para a PM e a Polícia Civil e aguarda retorno. 

Dupla assalta família e morre após confronto com a PM no nordeste do Pará
Os agentes realizavam rondas pela rodovia PA-151, na altura do quilômetro 102, quando flagraram dois homens armados roubando uma família que estava dentro de um veículo

'RD Sepultura' morre em confronto com a PM em Salinópolis
A operação aconteceu na noite de sexta-feira (3); 'RD Sepultura' era procurado da justiça

Homicídio de Lucielson

A Polícia Civil do Pará prendeu, no dia 11 do mês passado, Wellington Matheus, conhecido como “Cara de Paca”, em Tucuruí, região sudeste do Pará. Ele é investigado por matar a tiros Lucielson Bahia Portilho no dia 29 de maio de 2022.

Segundo a polícia, no dia do crime, Wellington e Yonab  foram até a casa do pai da vítima armados, adentraram o imóvel pulando o muro e efetuaram cinco disparos contra Lucielson, deixando o pai, Ronaldo Bahia Portilho, como testemunha.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA