logo jornal amazonia

Dois morrem em confronto com a PM em Parauapebas

Homem e adolescente atiram contra policiais, que revidaram

Redação Integrada

Um homem e um adolescente de 17 anos foram mortos durante confronto com uma guarnição do Grupamento Tácito da Polícia Militar (GTO) na madrugada desta quarta-feira, 22, no município de Parauapebas, no sudeste do Pará. A troca de tiros que resultou em duas mortes foi registrada na rua São Lázaro, no bairro Betânia.

O adolescente era conhecido na localidade e possuía dois apelidos que eram utilizados no mundo crime, segundo informações da polícia. Já o homem ainda não havia sido identificado na tarde desta quarta-feira.

Segundo informações da PM, era por volta de 23h30 quando a guarnição da do GTO recebeu uma denúncia de que o adolescente estaria escondido em uma quitinete no bairro Betânia. Segundo a polícia, o jovem era considerado extremamente perigoso e pertencia a organização criminosa Comando Vermelho (CV).  

A guarnição se deslocou até o endereço informado por meio de denúncia anônima. Ao chegar perto da residência ocupada pelo jovem, os policiais notaram uma movimentação estranha dentro do imóvel. Através de uma fresta na janela, os policiais constaram que havia dois homens armados dentro da casa. Os agentes de segurança, então, se identificaram e deram voz de prisão aos suspeitos, mas foram recebidos à bala.

Os PMs revidaram e atingiram os dois criminosos. Os suspeitos foram socorridos e levados para o Hospital Municipal, mas morreram pouco tempo depois.

Com eles, foram encontradas duas pistolas ponto 40, de uso restrito. Uma delas, que estava com o adolescente, apresentava a numeração raspada e um brasão da PM. A outra pistola também estava com numeração raspada, mas não possuía nenhum emblema. As armas foram apresentadas na 20ª Seccional Urbana de Parauapebas.

Palavras-chave

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA