Polícias Federal e Civil fazem operação em Altamira contra desvio de recursos e fraudes na educação

Além de mandados de busca e apreensão, eles cumprem o afastamento da Secretária de Educação e de um vereador dos seus respectivos cargos

Redação Integrada

A Polícia Federal e a Polícia Civil do Pará deflagraram, na manhã desta quinta-feira (21), a operação "Olho de Hórus", em Altamira, com o objetivo de combater o desvio de recursos públicos, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações do Fundo Municipal de Educação. Veja:

 

Sete mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos no município. Há ainda mais um mandado sendo cumprido no distrito de Castelo dos Sonhos, distante há quase mil quilômetros da sede.

(Ascom Polícia Federal)

Na residência de um dos alvos, segundo a PF, foi encontrada uma arma sem registro. A situação do armamento será verificada e, caso seja comprovada a irregularidade, será lavrado o devido flagrante.

(Ascom Polícia Federal)

Além das medidas de busca, há também o cumprimento do afastamento das funções da Secretária de Educação e de um vereador dos seus respectivos cargos.

 (Ascom Polícia Federal)

A operação conta com a participação de 30 policiais e é um dos desdobramentos da apreensão de mercadorias, destinadas a Secretaria Municipal de Educação (SEMED), ocorrida na residência de um vereador de Altamira em abril deste ano.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA