Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia Civil prende dois homens por tentativa de homicídio no Pará

As prisões foram efetuadas em Belém e Tomé-Açu

Fabyo Cruz

Na tarde desta segunda-feira (13), a Polícia Civil divulgou dois casos de prisões que foram efetuadas no Pará. Uma delas ocorreu no mesmo dia, pela prática do crime de tentativa de homicídio, no município de Tomé-Açu, no nordeste paraense. Já a outra prisão foi realizada no sábado (11), em Belém, por tentativa de feminicídio e descumprimento de medida protetiva.

VEJA MAIS

Dupla vestida de mototaxista mata homem a tiros em Belém
Vítima estava sentada, quando dois homens, vestidos de mototaxistas, chegaram em uma moto e efetuaram os disparos

Jovem de 24 anos é assassinada a tiros por dois homens de moto
Dois homens em uma moto teriam se aproxim​​ado e, um deles, o garupa, sacou uma arma e disparou várias vezes em direção à cabeça da vítima, que morreu na hora

Polícia Civil do Pará prende homem foragido há oito anos por homicídio no Mato Grosso
Ele estava escondido na cidade de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. O homem estava foragido há oito anos

Em Tomé-Açu, um homem teria desferido golpes de faca contra seu próprio filho, menor de idade, motivo pelo qual foi representada a prisão preventiva do acusado. Após todas as medidas cabíveis, o homem foi transferido para o sistema penitenciário, onde se encontra à disposição da justiça.

Na capital, a PC informou que o acusado foi até a casa da ex-companheira e a esfaqueou no rosto e utilizou uma chave de fenda para desferir golpes na região do abdômen. Ele foi preso por uma equipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) e depois encaminhado à unidade policial, onde encontra-se à disposição da justiça.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA