Polícia prende acusado de matar PM

O jovem de 21 anos teria confessado o crime

Redação Integrada

Um homem identificado como Irlon Dias Ramos, conhecido como "Bico", de 21 anos, foi reconhecido por estar envolvido na morte do Policial Militar (PM) reformado, Jorge Antônio Rodrigues Nepomuceno, assassinado a tiros na noite do dia 27 de março, no bairro da Sacramenta. 

Irlon foi preso detido em flagrante após tentativa do crime de “saidinha bancária" e reconhecido pela equipe de policiais como um dos procurados pela morte do PM. Ele também teria envolvimento com a tentativa de homicídio contra outro PM, o subtenente Nazareno Monteiro, ocorrida no último dia 05. Durante a tentativa, o jovem Gustavo da Silva Oliveira, de 19 anos, acabou sendo atingido e morreu no local. 

De acordo com a polícia, o preso confessou os crimes e toda a dinâmica dos mesmos. Além dele, mais duas pessoas teriam participado da ação. Irlon também informou à equipe que, no dia da ação, o trio passou algumas vezes pelo local para confirmar se a vítima estava lá e, enquanto aguardavam o melhor momento para a execução, gravaram um vídeo mostrando as armas que portavam. Isso vídeo chegou a circular pelas redes sociais. 

Irlon agora está preso à disposição da justiça. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!