logo jornal amazonia

Paraense morta nos EUA: áudio mostra suspeito tentando enganar família da vítima; ouça

O áudio começou a circular nesta terça-feira (10) e ele comenta que uma policial teria entrado em contato para dizer que Anna Laura Costa Porsborg não estava desaparecida

O Liberal
fonte

Um suposto áudio de Luís Antônio Gomes Akay começou a circular nas redes sociais nesta terça-feira (10), onde possivelmente tentou enganar a família da paraense Anna Laura Costa Porsborg, de 22 anos, sobre a morte dela. Luís confessou ter assassinado a jovem na cidade californiana de Los Angeles, nos Estados Unidos, país onde Anna vivia. A vítima era soldada do Exército dos Estados Unidos (U.S Army) e tinha um relacionamento com o suspeito.  Ele segue preso e o valor estabelecido para a fiança é de U$ 2 milhões, equivalente a quase R$ 10 milhões.

VEJA MAIS 

image Paraense morta em Los Angeles: noivo confessa crime e corpo da vítima segue desaparecido, diz PF
Segundo a polícia, o suspeito não disse a localização do corpo da vítima 'com esperança de não ser condenado'

image Paraense morta nos EUA: namorado da vítima revela onde está o corpo
De acordo com familiares, Luís Antônio Gomes Akay, considerado agora assassino confesso, concordou em indicar o local onde está o corpo de Anna Laura após fazer um acordo com a polícia de Los Angeles

Na mensagem de voz, Luís comenta que teve uma discussão com a Anna e que uma suposta policial teria entrado em contato com ele para descartando qualquer hipótese de desaparecimento da paraense. 

“A gente só discutiu. Ela (Anna) saiu do quarto (...) pensei que ela fosse tomar um ar ou fazer alguma coisa e não voltou. A mulher acabou de me ligar da polícia (...) que estou ligando lá demais. Sabe o que a mulher falou para mim? Ela disse assim ó: ‘ela (Anna) não está desaparecida, ela pegou um voo de volta para casa e ela simplesmente não quer estar mais com você’. Eu falei: ‘mas não tem como. Ela deixou todas as coisas dela aqui, até o uniforme do exército. Sabe o que ela falou para mim? Ela disse: ‘as coisas que você quiser deixa aí ou joga fora, não tem importância, se quiser deixa aí, jogar fora ou levar para a família dela, mas ela não está desaparecida. Você não tem mais que ligar para a polícia. Tu acredita nisso?”, diz Luís. 

O suspeito conheceu a vítima há dois anos, também nos Estados Unidos.

O corpo de Anna, que segundo Luis, estaria numa região montanhosa e ainda não tinha sido encontrado devido ao mau tempo que prejudica as buscas locais. 

A redação integrada de O Liberal solicitou mais detalhes ao Ministério das Relações Exteriores sobre o caso e aguarda retorno.

Mãe da vítima participou de entrevista na rede Globo

Erbena Costa, mãe de Anna, concedeu entrevista exclusiva ao programa da rede Globo, 'Encontro' na manhã desta terça-feira (10). Durante a transmissão, Erbena expôs conversas e áudio com o assassino confesso da filha, Luís Antônio Gomes Akay, durante os dias em que ela foi dada como desaparecida. 

Anna Laura perdeu o contato com a família no dia 27 de dezembro do ano passado. No dia 2 deste mês, a família foi informada da morte da jovem de 22 anos. No dia seguinte, a Polícia Federal confirmou que Luís Antônio confessou o crime.

 

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA