Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pai e mãe são presos pelo estupro da própria filha em Novo Progresso

Conforme o relato dos policiais, o homem confessou o crime para os agentes de forma espontânea no ato da prisão

O Liberal

A 7ª Companhia Independente de Polícia Militar - CIPM, prendeu um homem pelo estupro da própria filha, uma menina de treze anos, em um assentamento na zona rural de Novo Progresso, Sudoeste Paraense. A ação, deflagrada no último sábado, 17, e que contou com o apoio do Conselho Tutelar, também levou à prisão da esposa do suspeito, mãe da menina e de outros sete filhos, todos com menos de 18 anos.

Segundo a polícia local, por volta de 17h, uma guarnição da PM e profissionais do Conselho Tutelar de Novo Progresso foram até a Comunidade Santa Júlia, em uma vilarejo conhecido como Assentamento Nova Fronteira, após receberem denúncias de constantes abusos sexuais.

VEJA MAIS

Mãe é suspeita de facilitar o estupro da filha de 11 anos O irmão mais velho da vítima foi quem levou o caso à polícia

Jovem sofre estupro coletivo durante festa: 'Eu só queria que aquele terror acabasse' Vítima foi abusada por cinco homens, um deles sub-tentente da Polícia Militar do Distrito Federal

Lá, os agentes localizaram e prenderam em flagrante um homem pelo crime de estupro vulnerável cometido contra sua própria filha, uma adolescente de apenas treze anos de idade. Conforme o relato dos policiais, o homem confessou o crime para os agentes de forma espontânea no ato da prisão.

Além da prisão dele, a esposa do suposto abusador também foi presa em flagrante pelo mesmo crime, na modalidade "comissiva por omissão". O casal foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Novo Progresso, e seus sete filhos, todos menores de idade, encaminhados para o Conselho Tutelar.

PF emite alerta após declarar estudante de medicina acusado de estupro foragido Marcos Vitor Dantas Aguiar Pereira teve a prisão preventiva decretada nesta terça-feira

Por fim, a CIPM informou que o pai e a filha violentada irão fazer os exames necessários para confirmar o crime.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA