Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Operação da Susipe quer chegar a 7 mil internos em presídios do Pará

Atendimento à população carcerária seria meta, dentro de estratégia prisional

Redação integrada de O Liberal

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe-PA) realizará, de 15 a 17 de janeiro, a "Operação Opus" nos presídios localizados nos municípios de Santa Izabel e Marituba, na região metropolitana de Belém. Os mais de sete mil internos dessas unidades prisionais receberão ações de assistência jurídica e de saúde à população carcerária.

LEIA MAIS:
Operação Opus: Susipe pede ajuda a universidades e voluntários
- Túnel em presídio de Marituba é descoberto por agentes da Susipe
Presídios paraenses estão à mercê de organizações criminosas, admite Susipe
Susipe admite: já são 559 fugitivos de presídios paraenses

Palavra de origem latina, "opus" significa "obra" ou "trabalho", no sentido de ocupação. Nos três dias da operação, as ações de saúde vão ocorrer em todas as seis unidades localizadas nos dois municípios. Já a assistência jurídica será para os presos dos centros de recuperação penitenciária II e III (CRPP II e CRPP III), localizados no município de Santa Izabel, e nos três presídios estaduais localizados em Marituba. 


OPERAÇÕES

Essa é a primeira de uma série de operações que serão realizadas para atender a população carcerária do Pará, inclusive aquelas localizadas em cidades no interior do Estado. Para tornar possível uma operação de tamanho porte, a Susipe buscou parcerias com outros órgãos públicos e da sociedade civil.

As ações de saúde terão o apoio de equipamentos e profissionais disponibilizados pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e pelo Corpo de Bombeiros Militar.

Serão serviços de atendimentos clínico, oftalmológico, odontológico, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C e tuberculose. Também serão emitidos cartão do SUS e carteiras de identidade aos presos e seus familiares.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA