Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher que aparece em foto vazada com Eduardo Ramos se pronuncia: 'Foi f***'

Paula Thays Moura relembrou ataques, defendeu jogador de não vazar a imagem e pediu empatia

O Liberal

Paula Thays Moura, mulher que aparece na foto vazada em momento íntimo com Eduardo Ramos, se pronunciou pela primeira vez. Na noite desta quinta-feira (2), Paula falou sobre empatia, o que vem passando e disse acreditar que o jogador foi vítima no vazamento da imagem publicada nas redes sociais, na última quarta-feira (1º).

'Não achei justo comigo não falar nada. O Eduardo (Ramos) teve a vez dele, o Breno (ex-marido) teve a vez dele, e agora chegou a minha vez. Estávamos separados (com o Breno), não três meses como o Breno disse, ele é exagerado. A gente trabalhava junto, morava junto, leva um tempo para separar. Ainda mais quando se gosta, só que não tinha mais relacionamento. Demorei para tomar coragem para sair. No dia que eu tomei coragem para sair, no outro aconteceu tudo isso", disse.

VEJA MAIS

OUÇA: Foto de sexo oral é postada em perfil de Eduardo Ramos, que diz: 'hackearam, estou angustiado' Jogador conversou com a equipe de OLiberal e confirmou que não consegue mais entrar em seu perfil

Após foto de sexo vazada na rede social, meia Eduardo Ramos faz boletim de ocorrência Jogador informou ao O Liberal que teve a sua conta hackeada

Paula também alegou que o registro de momentos íntimos é normal, mas que errou ao se deixar ser filmada e fotograda com o ex-jogador de Clube do Remo e Paysandu.

"Quanto a isso, só tenho uma coisa para falar: quem nunca, né!? Quem nunca tirou uma foto em momento íntimo ? Eu só tive a infelicidade e a burrice de deixar filmar, deixar fotografar e, consequentemente, vazar assim. Foi f***. Foi ruim, viu!? A pessoa tem que ser muito forte. Tem que ter uma estrutura familiar muito grande, senão a pessoa faz besteira", reforçou.

A vítima de crime virtual lembrou do setembro amarelo e rebateu os ataques e compartilhamentos que sofreu nas últimas 24 horas.

"No mês do setembro amarelo, no mês da prevenção ao suicídio, certo ? Errado! Ninguém está nem aí com isso. Ninguém quer saber da saúde mental do outro. Ontem (1), tivemos vários exemplos disso, né ? Pelo tanto de compartilhamento que teve aquela foto. Chegamos ao ponto de deixar nossa curiosidade ser maior que nossa empatia pelo próximo", salientou.

Por fim, Paula Moura afirmou acreditar na inocência de Eduardo Ramos.

"O Eduardo, acredito que ele foi uma vítima nisso tudo. Ele jamais faria um negócio desses de postar assim. Quem conhece ele, sabe que ele é uma ótima pessoa. Gosto, continuo gostando muito dele", finalizou. 

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA