Mulher é executada em frente à própria casa, em Icoaraci

Eleci Nascimento Silva, de 49 anos, estava sentada em frente de casa quando foi abordada por um carro branco

Redação Integrada

Uma mulher de 49 anos de idade, identificada como Eleci Nascimento Silva, foi executada a tiros em frente à própria residência, localizada na rua 15 de agosto, quase esquina com a Passagem das Flôres, no bairro Ponta Grossa, em Icoaraci, Região Metropolitana de Belém. A Polícia Militar está no local aguardando a chegada do Instituto Médico Legal (IML) para fazer a remoção do corpo.

De acordo com informações apuradas pela polícia, a vítima não possuía nenhum antecedente criminal (Redes sociais)

De acordo com informações da polícia, Eleci estava sentada em frente à sua casa quando, por volta das 20h, foi abordada por um carro de cor branca. Um homem desceu do veículo, sacou uma arma de fogo e efetuou mais de cinco disparos em direção à vítima. Após a ação criminosa, o suspeito fugiu do local.

Eleci morava há bastante tempo no bairro, era querida da vizinhança e segundo testemunhas não tinha relação com o crime (Elivaldo Pamplona / O Liberal)

Equipes da Polícia Militar estão no local colhendo informações de testemunhas, mas ainda não há maiores informações acerca da motivação do crime. Policiais informaram que a vítima não possuía nenhum antecedente criminal. Segundo vizinhos, Eleci morava há muito tempo no bairro, era querida da vizinhança e não tinha relação com o crime.

Quaisquer informações que possam ajudar na elucidação do crime, podem e devem ser repassadas ao Disque-Denúncia (181) ou ao Centro Integrado de Operações (190). Não é necessário se identificar e a ligação é gratuita.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA