logo jornal amazonia

Mulher é baleada pelo próprio marido na Transamazônica

A vítima foi socorrida para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos

O Liberal

Uma mulher, não identificada, foi encontrada, na manhã desta quarta-feira (16), jogada com vida ao lado de uma ponte, no quilômetro 106, da rodovia Transamazônica (BR-230), próximo à Vila Divinópolis, com um tiro nas costas, na zona rural da cidade de Novo Repartimento, no sudeste do Pará. As informações são do site Debate Carajás.

VEJA MAIS

image Detento mata esposa enforcada durante visita íntima em presídio
O corpo da vítima só foi descoberto no final do horário de visita

image Homem que matou namorada a facadas passa por audiência em Santarém
O crime ocorreu no dia 30 de janeiro, próximo ao município de Rurópolis.

image Adolescente é morta com 15 facadas; corpo foi abandonado em área de mata
A apuração inicial da polícia aponta que o crime tem características de feminicídio ou vingança

A vítima foi socorrida e levada para o Posto de Saúde da Vila Divinópolis, no quilômetro 112, mas não resistiu aos ferimentos e evoluiu a óbito. O suspeito fugiu do local do crime. Uma pessoa que esteve com a vítima antes de ela morrer contou que a mulher acusou o próprio marido de ter efetuado o disparo contra ela.

Segundo os moradores do quilômetro 112, como a Vila Divinópolis é conhecida, a mulher não foi reconhecida, não informou seu nome, nem portava nenhum documento que pudesse identificá-la. Ainda conforme os moradores do local, por volta de meio-dia, a Polícia Científica do Pará (PCP) esteve na unidade de saúde e removeu o corpo ao Instituto Médico Legal (IML) para realização de perícia médica.

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA