Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher é assassinada a tiros na manhã deste domingo, em Castanhal

O crime ocorreu na comunidade Ana Júlia

O Liberal

Uma mulher identificada como Gerliane Lima de Oliveira, de 24 anos, foi assassinada a tiros na manhã deste domingo (28), por volta das 5h, na rua 15 de Agosto, na comunidade Ana Júlia, localizada no município de Castanhal, nordeste paraense. A informação foi confirmada por meio do Boletim de Atendimento Policial Militar (BAPM) do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) do Pará.

O registro policial detalha que a guarnição da VTR foi acionada via Núcleo Integrado de Operações (Niop) para averiguar uma situação onde teria ocorrido disparos de arma de fogo. Ao chegar ao local informado, os agentes da PM constataram que a vítima já tinha evoluído a óbito, conforme constatou uma equipe do Corpo de Bombeiros presente na ocorrência. Ainda segundo a PM, populares e parentes de Gerliane que estavam no local não souberam informar quem teria praticado o crime. Também não souberam detalhar o que teria motivado o fato.

Por meio das redes sociais, uma testemunha que não quis se identificar afirmou que a vítima teria tentado defender uma amiga de um suposto agressor e acabou sendo alvejada por tiros de arma de fogo. "Ela foi defender a amiga dela do namorado dela e o namorado da amiga dela foi e matou ela. Deu dois tiros nela. Foi quase 5 horas", relatou. 

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso é investigado pela delegacia de homicídios do município dê Castanhal. "De acordo com informações preliminares, a vítima teria ido ajudar uma mulher quando foi alvejada e não resistiu aos ferimentos. A Polícia Científica foi acionada para os procedimentos cabíveis. Diligências estão sendo realizadas para coletar maiores informações sobre o caso e localizar o suspeito do crime. Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassadas via Disque-Denúncia, número 181. O sigilo é garantido.", detalhou a PC.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA