Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Menino de 13 anos segue desaparecido no Rio Amazonas após naufrágio

Duas pessoas foram socorridas com vida

Redação Integrada

Um adolescente de 13 anos segue desaparecido após um naufrágio na tarde deste domingo (02) no Rio Amazonas, na altura do município de Óbidos, na região do Baixo Amazonas do Pará. O estudante Cristiano da Silva Santana sumiu nas águas em um acidente onde mais duas pessoas também foram afetadas, mas já foram resgatadas com vida.

A Prefeitura Municipal de Óbidos confirmou que o acidente foi perto da cidade, com uma pequena embarcação que vinha de Manaus, capital do Amazonas. A rabeta - embarcação pequena a motor - foi solicitada para emparelhar com o ferry boat São Bartolomeu IV, já que um passageiro vindo da cidade amazonense iria desembarcar em Óbidos, mas o barco não parou no porto do município. A prática, chama de transbordo, é comum devido à agilidade das rabetas, mas bastante perigosa.

Cristiano vinha na rabeta junto com o condutor, e quando voltavam com o passageiro, o banzeiro forte fez com que a embarcação virasse. Como o acidente foi perto do porto da cidade, pessoas que estavam em um posto de combustível flutuante atuaram rapidamente no resgate. O passageiro e o piloto do barco foram resgatados, mas o garoto sumiu nas águas escuras.

O 4º Grupamento de Bombeiros Militar, com sede em Santarém, informou que foi comunicado do caso ainda no domingo à noite e na segunda-feira (03), enviou logo pela manhã equipes, inclusive com mergulhadores, para ajudar nas buscas pelo menino. Em nota, a Marinha do Brasil, por meio da Capitania Fluvial de Santarém (CFS), informou que soube do acidente onde duas pessoas foram socorridas por uma lancha que passava pelo local e levadas até a cidade de Óbidos, enquanto uma pessoa permanece desparecida.

"Uma equipe de Busca e Salvamento da Capitania continua na região para localizar a vítima. A CFS irá instaurar inquérito administrativo para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades pelo acidente. A Marinha do Brasil lamenta o ocorrido e conclama a sociedade a participar ativamente nesse esforço de fiscalização, informando qualquer situação que possa afetar à segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e vias navegáveis ou que represente risco de poluição ao meio hídrico, por meio do Disque Emergências Marítimas e Fluviais: 185", disse o comunicado.

 

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA