logo jornal amazonia

Jacaré ataca e arrasta pescador para o fundo do rio Cajazeiras, em Itupiranga

O caso aconteceu na última sexta-feira (13). A vítima conseguiu sobreviver

O Liberal
fonte

 O pescador Rener Medina da Silva, 44 anos, foi atacado por um jacaré nas margens do rio Cajazeiras, que fica na zona rural de Itupiranga, município no sudeste do Pará. Vizinhos da vítima disse que ela foi atacada pelo réptil, que tem cerca de 3,5 metros, enquanto tentava armar uma rede de pesca.O caso aconteceu na última sexta-feira (13), mas só foi divulgado no dia seguinte. Com informações do Portal Debate. 

VEJA MAIS

image Homem sofre ataque de jacaré ao nadar em lago e perde metade do crânio
A vítima, um homem de 34 anos, conseguiu fugir do animal e foi encaminhado ao hospital. Juan Carlos recebeu alta no dia 12 de agosto

image Gato leva cabeça de jacaré de 'presente' e assusta tutora; vídeo
Segundo a tutora, o gato entrou no quintal arrastando os restos mortais do jacaré como se fosse um troféu

image Jacaré gigante é capturado em frente à orla de Alter do Chão; vídeo
Imagens divulgadas nas redes sociais mostram o animal resistindo e lutando contra a captura após ter o focinho laçado com uma corda

Assim que foi mordido, Rener sentiu que estava sendo arrastado do Rio Cajazeiras para o leito. Foi então que ele gritou por ajuda. O jacaré teria se espantado com os gritos e largou a vítima. O animal voltou para o fundo do rio e não foi mais visto.

Moradores encontraram o pescador sangrando bastante e sem forças para sair da água. Rener foi retirado do local e encaminhado ao Hospital Municipal de Itupiranga (HMI), onde recebeu atendimento médico. Ele sofreu lesões graves nas costas, braço e no peito. Apesar do susto, a vítima sobreviveu

Depois dos momentos de pânico, outros residentes relataram que tinham visto outros jacarés, medindo ao menos 5 metros, na mesma área onde o pescador foi atacado. 

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA