Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem tenta matar a ex e o irmão dela a golpes de terçado em Capitão Poço

Inicialmente, as vítimas receberam atendimento médico no Hospital Municipal de Aurora do Pará, mas devido à foram transferidos para o Hospital Metropolitano, em Ananindeua

O Liberal

Um crime brutal contra a mulher chocou moradores de Capitão Poço, no nordeste paraense, na tarde do último domingo (14). Identificado como Jorge dos Santos, o suspeito invadiu a residência da família e tentou matar a ex-companheira, Rita de Cássia Madalena, e o irmão dela, José Elton Madalena, a golpes de terçado. As tentativas de feminicídio e de homicídio ocorreram na comunidade do Barro Branco, próximo da vila Jacamim. A mãe das vítimas presenciou tudo. A Polícia Civil foi comunicada e investiga o caso.

Jorge fugiu após os crimes e ainda não foi localizado. A PC realiza diligências para encontrá-lo. Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram que as vítimas apresentavam cortes profundos em várias partes do corpo. Os registros são chocantes. Moradores da comunidade ajudaram os irmãos. Eles foram levados para o Hospital Municipal de Aurora do Pará, onde receberam atendimento médico.

Devido à gravidade das perfurações, Rita de Cássia e José Elton foram transferidos para o Hospital Metropolitano, em Ananindeua, que não possui autorização nem das vítimas nem da família para fornecer informação sobre o estado de saúde dos irmãos.

De acordo com informações de moradores da comunidade do Barro Branco, o suspeito já teria um histórico de crimes praticados contra uma outra mulher, na cidade de São Miguel do Guamá, nordeste do Estado. Essa informação, porém, não foi confirmada pela polícia, mas deverá ser esclarecida ao longo do trabalho investigativo.

Informações que ajudem a polícia a localizar o paradeiro de Jorge podem ser repassadas ao número 181 (Disque-Denúncia). A ligação é gratuita. Não é preciso se identificar.

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA