Frentista denuncia roubo de R$ 36 mil em posto, mas vira suspeito de forjar o crime

Imagens de câmera de segurança não condiziam com as declarações do acusado

Redação Integrada

O frentista Doemano Queiroz da Silva Pinto, conhecido como "Dão", foi preso em flagrante no município de Alenquer, interior do Estado, após ser acusado de forjar um assalto no posto de gasolina em que trabalhava. Segundo informações da Polícia Civil, o frentista alega que no último domingo (01), estava no posto quando foi abordado por um casal armado, às 01h, que anunciou o assalto. Eles, segundo o relato do funcionário, teriam arrombado o escritório do local e roubado R$ 36.089.

Os policiais do município, chefiados pelo IPC Marcelo Costa, foram ao posto e, segundo a polícia, após levantamento do local de crime e imagens de câmera de segurança ficou comprovado, durante as investigações, total incoerência dos fatos com as declarações de Doemano, que passou a ser suspeito do crime.

Após constatação, os policiais conduziram o frentista para a Unidade Integrada ProPaz (UIPP) de Alenquer e, durante interrogatório, ele confessou o crime, informando, ainda, o esconderijo do dinheiro. Toda a quantia foi apreendida e apresentada na delegacia.

Por conta do caso, o frentista irá responder pelo crime de furto qualificado pelo abuso de confiança com pena de reclusão de dois a oito anos e multa.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA