Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Farmacêutico morre durante colisão entre motos em Parauapebas

Motociclista avançou a preferencial e atingiu João Francisco Borges Neto, que seguia pelo cruzamento

O Liberal

Um avanço de preferencial provocou a morte do farmacêutico João Francisco Borges Neto, na Rua N-1 do bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, sudeste do estado. O acidente ocorreu por volta das 14h da última quarta-feira (4). Com informações do site Zé Dudu.

VEJA MAIS

Após colisão entre carro e moto, motoqueiro é arremessado em para-brisa de carro em Santarém O motoqueiro permaneceu deitado no capô do carro, aparetemente inconsciente, até a chegada do Serviço Móvel de Urgência (Samu).

Acidente no Marco: motociclista e passageira ficam feridas após colisão com carro Batida envolve um terceiro veículo, mas o motorista foi embora sem prestar assistência. Ferimentos foram leves.

Acidente fatal na Pedreira: colisão entre carro e moto deixa um homem morto nesta sexta (15/04) A vítima seria um borracheiro do bairro, identificado como Paulo. Caso ocorreu na rua Nova, entre as travessas da Vileta e da Timbó

Um colega de João Francisco foi quem registrou a ocorrência na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, nesta quinta-feira (5). No Boletim de Ocorrência, consta que o farmacêutico seguia em sua moto pela Rua N-1, que é uma via preferencial, quando uma outra motocicleta, que trafegava pela avenida U o atingiu em cheio, fazendo com que ele caísse.

Até o momento, a Polícia Civil não conseguiu identificar nem o piloto e nem a moto que provocaram o acidente. Consta ainda no BO que João Francisco foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Municipal de Parauapebas (HMP), mas acabou morrendo devido à gravidade dos ferimentos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA