Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Família suspeita de matar 100 pessoas é presa em operação policial

Além de envolvimento em homicídios, eles participavam de extorsões, assaltos e tráfico

Com informações do portal Metrópoles

Trinta e uma pessoas de uma mesma família foram presas sob acusação de envolvimento nas mortes de mais de 100 pessoas ocorridas em um período de 15 anos. As prisões foram o saldo da operação Xeque Mate, desencadeada pela Polícia Civil de Rondônia, que ainda apreendeu R$ 120 mil em espécie e diversas armas de fogo. 

Os acusados, conhecidos como  “Os Mato Grosso”, vinham agindo há mais de uma década na cidade de Monte Negro e eram contratados por empresários locais. Além de diversos homicídios, também são atribuídos ao grupo os crimes de furto, extorsão, tráfico de drogas, assalto a mão armada e ameaças.

A polícia já havia prendido alguns membros da família, mas os crimes prosseguiam por conta de aliciamentos dentro dos presídios (William Andrade/Rede Amazônica/G1 Rondônia)

Alguns membros da família já haviam sido presos, mas os crimes continuavam por conta do aliciamento de pessoas dentro dos presídios. Quatro pessoas ainda estão foragidas, incluindo o chefe do grupo.

A operação mobiizou 106 policiais civis nos municípios de Monte Negro, Ariquemes Ouro Preto do Oeste, Jaru, Porto Velho, Guajará-Mirim e Costa Marques, em Rondônia, e Paranatinga e Sapezal, no Mato Grosso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA