Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ex-soldado do Exército morre em acidente envolvendo caminhonete, em Marabá

Mex Silva estava de motocicleta, quando se chocou com outro veículo e morreu após algumas horas internado

O Liberal

O ex-militar do Exército Brasileiro, Mex Alves Silva, de 20 anos de idade, morreu na manhã desta segunda-feira (9), no Hospital Regional do Sudeste do Pará, após sofrer um grave acidente na noite deste domingo (8), em Marabá, município do sudeste do estado. As informações são do site Debate Carajás.

Testemunhas disseram que o ex-soldado, que seguia de motocicleta, se chocou contra uma caminhonete, no bairro São Félix Pioneiro, por volta de 22h, deste domingo. Amigos de Mex asseguraram que ele teve fratura de crânio com a força da pancada com o veículo pesado.

VEJA MAIS

Mulher morre após ser atropelada por amiga após a própria festa de aniversário
A suposta autora do atropelamento tentou fugir da cena do crime, mas foi pega pela polícia e levada à delegacia. Ela se recusou a fazer o teste do bafômetro

Acidente de trânsito faz carro capotar na Augusto Montenegro; veja
O acidente ocorreu próximo ao conjunto habitacional Benjamin Sodré, no bairro Parque Verde, na capital paraense

Mex foi soldado do 52º Batalhão de Infantaria de Selva (52º BIS), no ano de 2021. Colegas de farda dele informaram que ele se licenciou a bem da disciplina, por ter cometido uma infração contra o Regulamento Disciplinar do Exército (RDE) em Marabá.

Neste domingo, logo após o acidente, ele foi levado para o Hospital Regional do Sudeste do Pará, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, na manhã desta segunda-feira (9).

No início, segundo amigos do rapaz, o corpo seria velado no Balneário da Mangueira, mas depois circulou a informação de que o corpo seria trasladado para o Estado do Maranhão, onde vive a avó de Mex.

Adolescente morre em racha após ser arremessada do carro; vídeo mostra momento do acidente
Além da adolescente de 15 anos, outras três jovens estavam na Hilux que disputava a corrida ilícita contra uma BMW

De acordo, ainda, com amigos da vítima, ele tinha entrado com recurso na Justiça para tentar retornar para o 52º BIS. O ex-militar deixou um filho. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames cadavéricos.

Até o final da tarde desta segunda-feira (9), familiares e amigos aguardavam a liberação do corpo para realização dos ritos funerários. 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA