Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Empresa diz que vigilantes filmados espancando pessoas em situação de rua foram demitidos

'Braga Segurança Patrimonial' informou que apenas quatro homens eram funcionários do grupo e que não compactua com este tipo de procedimento

O Liberal

Após a divulgação de um vídeo que mostra seis seguranças particulares espancando pessoas em situação de rua, na Feira da 25, em Belém, a empresa "Braga Segurança Patrimonial" informou que apenas quatro homens eram funcionários do grupo, que todos já foram demitidos e que "não compactua com este tipo de procedimento". O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

LEIA MAIS:
VÍDEO: Pessoas em situação de rua são espancadas por seguranças particulares em feira de Belém

O proprietário da empresa, Everaldo Saldanha Braga, disse à reportagem, por telefone, que tomou conhecimento do fato no domingo (19), e de imediato demitiu os funcionários envolvidos. "No caso, são quatro da Braga Segurança, os demais eu não tenho conhecimento, não sei quem são e já estou investigando a identidade deles", informou.

O empresário disse, ainda, que um outro vídeo que circula nas redes e mostra homens dando choque com um teaser em pessoas em situação de rua não tem relação nenhuma com a empresa. "Esse pessoal não é nosso e não sei de onde eles são. Mas juntaram esses dois vídeos. No outro vídeo aparece esses vigilantes cometendo esse ato inaceitável, que a gente não compactua", concluiu Everaldo Braga.

O caso

Circula nas redes sociais um vídeo que mostra a ação truculenta de um grupo de seguranças particulares na Feira da 25, no bairro de São Brás, em Belém. Dois homens em situação de rua, um deles idoso, são acordados e espancados por seis homens, com golpes de cassetete, porque estavam dormindo em um box, além de serem ameaçados.

A Polícia Civil informou que instaurou um inquérito para apurar o caso, e que uma das vítimas já foi ouvida e encaminhada para a perícia. O órgão disse ainda que "todas as medidas cabíveis estão sendo realizadas para identificar os autores do fato. 

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA