Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Criminosos arrombam e furtam loja de produtos quilombolas na Praça da República

Quase toda a mercadoria do espaço foi levada; até o momento ninguém foi preso

O Liberal

​A loja de artesanato "Quilombo da República", localizada na Praça da República, em Belém, foi arrombada nesta sexta-feira (8). O local, que pertence ao Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará (Cedenpa), teve quase toda a mercadoria furtada pelos criminosos. Até agora, ninguém foi preso.

A administração do empreendimento foi informada do ocorrido por volta das 13h. “Roubaram roupas, acessórios, cerâmicas, um ventilador, uma caixa de som e uma pequena quantidade de dinheiro. Mais de 70% da nossa produção foi levada. Nós queremos proteção. Esse é um espaço conquistado, simbólico e de resistência”, declarou Maria Luiza Nunes, membro do grupo ‘Pretas Paridas de Amazônia’, responsável pela administração do local.

A Polícia Militar e a Guarda Municipal foram acionadas e estiveram no local. Um Boletim de Ocorrência foi registrado na Seccional do Comércio. A suspeita é de que o crime tenha ocorrido na madrugada. Imagens de câmeras de segurança do entorno da banca de artesanato serão analisadas e poderão ajudar a polícia a identificar os autores do crime.

Em nota divulgada na noite de sábado (9), a Prefeitura de Belém informou que é solidária aos movimentos sociais que atuam no espaço Quilombo da República, coordenado pelo Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará (Cedenpa), na Praça da República, onde reúne empreendedores e empreendedoras negras e negros.

A gestão municipal disse que entrou em contato com a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e solicitou urgência e rigor nas investigações, a fim de que os envolvidos no crime sejam punidos. “A impunidade não pode prevalecer, o racismo não pode ser naturalizado, pois atinge muitos povos violentamente com o preconceito, com os massacres da juventude nas periferias, e esses povos como todo cidadão e cidadã desejam apenas viverem livremente com suas culturas, terem seus trabalhos, seus direitos, dignidade e vidas garantidos”, disse o prefeito Edmilson Rodrigues sobre o caso.

Memória Histórica e Sagrada 

O Quilombo da República (QR) -  idealizado, construído e administrado pelo Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará é um e espaço de resistência negra, em um local considerado sagrado pelos Movimentos Negros de Belém, pois pesquisas apontam que muitos negros escravizados foram enterrados exatamente onde hoje está localizado o QR, constituindo-se assim, um espaço de memória histórica que necessita ser salvaguarda do e protegido.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA