Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Comunidade protesta e bloqueia rodovia em Salvaterra, no Marajó, durante a manhã de quarta (7)

Moradores reivindicam asfaltamento de via. Prefeitura diz que não há recursos para a obra e agenda nova reunião com a comunidade

Camila Guimarães

Desde a madrugada desta quarta-feira, 7, moradores da Comunidade Monsarás, em Salvaterra, no Arquipélago do Marajó, fecharam a rodovia PA-154 em reivindicação pelo asfaltamento de uma vicinal que liga a rodovia até a comunidade. O trecho tem cerca de 9 km de extensão. O protesto só acabou no início da tarde de hoje, por volta das 13h30, segundo nota encaminhada pela assessoria da prefeitura do município.

Os manifestantes realizaram o ato pedindo o asfaltamento da via de acesso à comunidade porque, da forma que está, eles encontram dificuldades no transporte escolar, no recebimento de alimentos e no escoamento da produção agrícola da localidade.

VEJA MAIS

Navio apresenta pane no motor e passageiros enfrentam mais de 6 horas de espera em Belém
A embarcação teria como destino a cidade de Salvaterra, no Marajó

Três suspeitos de integrarem facção criminosa morrem em confronto com a polícia, no Marajó
Os dois homens e uma mulher são suspeitos de ter relação com dois homicídios em Portel, acontecidos no final de agosto

O  dia escolhido para o protesto foi proposital para chamar mais atenção para a causa, uma vez que, nesta quarta, caminhões chegam ao Marajó Oriental para abastecer supermercados e postos de combustíveis. Com o fechamento da rodovia, veículos com passageiros e cargas ficaram parados.

O prefeito do Município, Carlos Gomes, esteve no local do protesto nas primeiras horas do dia de hoje, para negociar a liberação da rodovia, mas não houve acordo. De acordo com a fala do prefeito, o município não tem condições financeiras de arcar com a obra:

"Não temos condições de colocar asfalto com recursos do município, devido ao preço deste serviço. Mas queremos agendar uma reunião com o Governador e levar uma comissão de moradores de Monsarás para conversar com ele" explicou o Prefeito.

Mais tarde, a prefeitura comunicou, em nota, enviada às 13h23 de quarta, que a rodovia já estava liberada, pois houve novo agendamento de reunião com os moradores para tratar do assunto. Confira a nota na íntegra:

"A Prefeitura Municipal de Salvaterra informa que a via já foi liberada, após uma reunião entre o Prefeito Carlos Gomes, secretários e os manifestantes. Durante a conversa ficou acordado que a reivindicação será ouvida e uma nova reunião, entre o Prefeito e a comunidade está agendada para o dia 20 de outubro. As condições foram aceitas pela comissão que fez a liberação da rodovia PA-154".

Mesmo após as horas em que a PA-154 permaneceu fechada, com os veículos de transporte de carga parados na via, a prefeitura garante que não houve desabastecimento na cidade: "A gestão informa ainda que serviços como supermercados, postos de combustíveis e outros serviços essenciais não sofreram nenhum tipo de desabastecimento".

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA