CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Cinco pessoas prestam depoimento sobre homicídio ocorrido no Marajó

Um dos suspeitos levados à delegacia teria sido denunciado pelo pai por suposta participação no crime

O Liberal
fonte

Cinco pessoas foram levadas para a delegacia de Polícia Civil de Bagre, no último domingo (7), para prestarem depoimento sobre a  morte de Luís Carlos Souto dos Santos, ocorrido no município, que fica no arquipélago do Marajó. Entre um dos homens ouvidos pela PC está um homem conhecido como “Barruã”. O pai dele, supostamente, o teria denunciado às autoridades por participação no caso. O homicídio em questão aconteceu no último sábado (6), quando Luís foi assassinado a facadas. A princípio, o assassinato aconteceu após uma suposta desavença entre Barruã e a vítima. Em nota, a Polícia Civil  reforçou que ninguém foi preso e que o caso segue sob investigação.

Para o portal Notícia Marajó, o gestor do 12º Comando de Policiamento Regional (CPR XII) do Marajó Ocidental, coronel Márcio Abud, explicou que no domingo, o pai de Barruã informou aos militares sobre o paradeiro do filho e de outras quatro pessoas que estariam com ele no momento da briga e do homicídio

VEJA MAIS 

image Quatro pessoas são executadas a tiros em Jacundá
O caso ocorreu na noite de domingo (7/07), quando as vítimas estavam em via pública

image Suspeito de tentativa de homicídio é preso em Moju; crime foi motivado por ciúmes
O suspeito colaborou com o esfaqueamento da vítima, que sobreviveu ao ataque

image Homens armados invadem casa e matam homem a tiros em Igarapé-Miri
O crime ocorreu na noite de domingo (7/07), quando a vítima estava dentro da própria casa

Ainda conforme o Notícia Marajó, a Polícia Militar se deslocou até a área da Fazendinha e por volta das 15h15 avistou uma lancha que estava atracando no local com os cinco suspeitos. Todos foram levados à delegacia de Polícia Civil

A Redação Integrada de O Liberal solicitou um posicionamento da PC sobre a condução dos suspeitos. "A Polícia Civil informa que pessoas foram apresentadas na delegacia de Breves para prestar depoimento. Até o momento, ninguém foi preso. O caso segue sob investigação", comunicou a instituição.

 

O crime 

A PM havia sido informada por moradores sobre uma confusão, ocorrida no sábado (6) em frente ao Hospital Municipal da cidade marajoara. Ao chegar ao local, os policiais constataram um caso de esfaqueamento.

Ainda segundo o Notícia Marajó, Luís Carlos Souto dos Santos sofreu três facadas. Um dos golpes atingiu o pulmão dele. Apesar de ter sido socorrido e encaminhado ao hospital com vida, não resistiu a uma parada cardíaca e morreu minutos depois, segundo a polícia.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA