CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Homem é morto a facadas neste sábado no Marajó

Crime aconteceu em frente ao Hospital Municipal de Bagre

O Liberal
fonte

Um homem, identificado Luís Carlos Souto dos Santos, foi morto a facadas na madrugada deste sábado, 6, no município de Bagre, no Arquipélago do Marajó. Informações preliminares dão conta de que o suspeito do crime estaria desaparecido desde a madrugada.

A informação é da Polícia Militar ao portal Notícia Marajó. De acordo com o responsável pelo 12º Comando de Policiamento Regional (CPR XII) do Marajó Ocidental, coronel Márcio Abud, o crime foi cometido por volta das 2h45.

VEJA MAIS

image Colisão de embarcações assusta passageiros em Óbidos, no Pará
Acidente foi registrado na madrugada de sexta-feira (5). A Polícia Civil foi acionada e colheu depoimento de testemunhas e dos sobreviventes

image Justiça condena 'satanista' acusado de matar ex-sogra a 30 anos de prisão
Marcos Fernando assassinou a vítima com golpes de faca e ligou para a ex-companheira dizendo que a "culpa" era dela pelo crime

image Polícia recupera e devolve celulares roubados aos donos em Castanhal
O trabalho incluiu a instauração de inquéritos policiais e termos circunstanciados de ocorrência para aprofundar as investigações

A guarnição foi informada por populares sobre uma confusão em frente ao Hospital Municipal da cidade marajoara. Ao chegar ao local, os policiais constataram um caso de esfaqueamento.

A vítima, identificada como Luís Carlos Souto dos Santos, sofreu três facadas, uma das quais atingiu o pulmão. Apesar de ter sido socorrido e encaminhado ao hospital com vida, ele não resistiu a uma parada cardíaca e faleceu minutos depois, segundo a polícia.

A PM atribuiu a suspeita do crime a um homem conhecido pelo apelido de “Barruã”. O ato teria sido motivado por uma antiga desavença com a vítima.

Após o ocorrido, a Polícia Militar realizou buscas pela cidade na tentativa de localizá-lo, porém, sem sucesso. A PM continua as buscas para localizar o suspeito e investigar o caso.

A Redação Integrada de O Liberal acionou as autoridades para mais detalhes sobre o caso.

Denuncie

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA