CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Homens armados invadem casa e matam homem a tiros em Igarapé-Miri

O crime ocorreu na noite de domingo (7/07), quando a vítima estava dentro da própria casa

O Liberal
fonte

Um homem identificado como Hélio de Jesus Gomes, 49 anos, foi morto a tiros na noite de domingo (7/07), no município de Igarapé-Miri, no nordeste do Pará. Conforme as informações iniciais, a vítima estava dentro da própria casa, na rua Major Lira Lobato, bairro Cidade Nova, quando homens armados desceram de um carro, invadiram o local e efetuaram vários disparos. Hélio morreu na hora.

VEJA MAIS

image Homem é preso suspeito de tráfico de drogas após tentar fugir de abordagem em Igarapé-Miri
O caso ocorreu no conjunto Ticiano Miranda, quando o suspeito caminhava pela rua

Não há muitos detalhes sobre o crime. Testemunhas relataram que o homicídio ocorreu por volta de 21h. A vítima estava dentro da própria casa quando o carro, que não teve características repassadas, parou na frente do local. Os executores invadiram o imóvel e fizeram vários disparos contra a vítima. No momento do crime, a rua estava movimentada e ocorria uma festa nas proximidades. Vizinhos da área informaram que Hélio era conhecido no local, pois a esposa tem uma venda de churrasco na via. As circunstâncias e motivação para o crime estão sendo apuradas pela Polícia Civil. 

A Redação Integrada de O Liberal solicitou mais informações sobre o caso para a Polícia Civil e foi informada que equipes da delegacia de Igarapé-Miri trabalham para identificar e localizar os envolvidos no homicídio de Hélio de Jesus Gomes, 49 anos. Testemunhas são ouvidas e perícias foram solicitadas para auxiliar as investigações.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱

Palavras-chave

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA