Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cantor Jorge Moraes é morto a tiros dentro de casa, no Jurunas

O cantor foi alvejado no fim da tarde desta quinta-feira, 4, na rua dos Pariquis, esquina com a Monte Alegre. Ainda não há informações sobre a autoria do crime

O Liberal

O cantor Josenilton Cunha Pestana, de 38 anos, que era artisticamente chamado de Jorge Moraes, foi morto com quatro tiros no final da tarde desta quinta-feira (4), pouco antes das 18h, dentro da casa dele na rua dos Pariquis, bairro do Jurunas, em Belém. Jorge foi assassinado com tiros nas mãos, no peito e na cabeça, no momento em que ouvia música dentro do imóvel onde morava sozinho. O assassino, que ainda não foi identificado, chegou em um carro cinza e bateu à porta do artista. Quando atendeu, o cantor foi alvejado e morto ali mesmo.

VEJA MAIS

Cantor Jorge Moraes: velório acontece nesta sexta-feira (5), no bairro do Jurunas
O artista foi assassinado na quinta-feira (4), com tiros nas mãos, no peito e na cabeça, no momento em que ouvia música dentro do imóvel onde morava sozinho

Quem é Jorge Moraes? Conheça a carreira do cantor morto em Belém
A perda do artista foi bastante lamentada nas redes sociais

De acordo com o delegado David Silveira, da Divisão de Homicídios, a Polícia Civil irá trabalhar com duas linhas de investigação: crime passional ou algum tipo de dívida que o artista pudesse ter. O celular de Jorge foi apreendido, para que a PC tenha acesso a conversas que possam ajudar a elucidar o caso. No local do crime, os policiais ouviram familiares de Jorge. Segundo a polícia, ele não vinha sofrendo nenhum tipo de ameaça.

Os parentes relataram que Jorge teve um relacionamento de 12 anos com uma mulher, que também é cantora. Os dois já haviam terminado há bastante tempo, mas continuavam amigos e parceiros de shows. Atualmente, o cantor estava namorando uma outra mulher há cerca de três meses. Ela chegou à casa do artista momentos depois do crime e estava bastante abalada.

Polícia investiga motivação do crime

A polícia vai investigar se o assassinato de Jorge tem ligação com um desses dois relacionamentos. Vizinhos do artista chegaram a afirmar que o assassino pode ser o ex-marido da mulher com quem ele viveu por 12 anos. Também levantou-se a possibilidade do suspeito ser o ex-marido da mulher com quem Jorge estava se relacionando nos últimos meses. Nenhuma dessas hipóteses foi confirmada pelo delegado David Silveira, mas elas deverão ser levadas em consideração durante as investigações.

O cantor era bastante querido pela vizinhança do bairro do Jurunas (Reprodução/Redes sociais)

Jorge Moraes era uma pessoa bastante querida pelos seus vizinhos na rua dos Pariquis. Os moradores acompanharam, até o fim, os trabalhos das polícias Militar, Civil e Científica do Pará. Após os procedimentos da perícia, o corpo de Jorge foi removido, por volta das 20h20, sob aplausos e forte comoção. “O Jurunas está de luto”, disse uma moradora, enquanto chorava a perda do cantor. A frente da casa do artista foi tomada por dezenas de pessoas. Elas aproveitaram a presença da polícia para pedir justiça e celeridade nas investigações.

Cantor Jorge Moraes participou de show em Ananindeua um dia antes de ser assassinado
O evento em que Jorge participou aconteceu na última quarta-feira (3). Ele se apresentou na Paróquia Transfiguração do Senhor, no bairro Maguari, em Ananindeua

Artistas lamentaram a morte de Jorge Moraes

Uma das artistas que lamentou a morte de Jorge Moraes foi a cantora Brenda Moraes, filha da também cantora Cleide Moraes, morta em um acidente no dia 26 de julho de 2020, na rodovia PA-391, estrada que dá acesso a Mosqueiro, distrito de Belém. Em um áudio enviado à imprensa, logo após o crime, Brenda esclareceu ainda que Jorge não fazia parte da família Moraes.

Cantor Jorge Moraes: amigos e fãs lamentam morte do artista em Belém
Pelas redes sociais, diversas pessoas lamentaram a morte do artista. Ele foi assassinado a tiros no final da tarde de quinta-feira (4), no bairro do Jurunas

“No momento eu estou muito abalada. O Jorge Moraes é nosso amigo. Já tocamos várias vezes com ele. Ele não tem nenhum parentesco comigo, Brenda Moraes, e nem com a minha mãe, Cleide Moraes. É uma tragédia o que aconteceu. Nós estamos muito tristes”, lamentou Brenda Moraes.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA