Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Assessor da cantora Taty Pink é morto a tiros após show no nordeste do Pará

Wagner Freitas, conhecido como “Cavalo”, foi baleado na cabeça em frente à casa de show

O Liberal

Wagner Freitas, conhecido como “Cavalo”, foi assassinado a tiros na noite do último domingo (14), após o término do show da cantora sertaneja Taty Pink, na vila Meruú, em Igarapé-Miri, no nordeste do Pará. A vítima era assessor da artista maranhense. Com informações do site Gazeta do Pará.  

O crime ocorreu no momento em que a equipe da cantora estava desmontando os equipamentos de som para levar ao barco que iria transportá-los. Segundo testemunhas, Cavalo estava sentado em frente à casa de show quando homens, que ainda não foram identificados, passaram atirando em direção à vítima. Um tiro acertou a cabeça de Wagner que não teve chances de defesa. 

Polícia continua investigando a morte do cantor Jorge Moraes; ninguém foi preso
O caso está em investigação na Divisão de Homicídios, localizada em São Brás

Cantor Jorge Moraes: vídeo mostra o momento do assassinato
O atirador chegou em um carro cinza. Ele estava vestido de calça clara, camisa longa, boné e máscara preta

Quem é Jorge Moraes? Conheça a carreira do cantor morto em Belém
A perda do artista foi bastante lamentada nas redes sociais

Em conversa com a reportagem, a cantora Taty Pink deu mais informações de como aconteceu toda ação dos suspeitos.

“A gente foi fazer um show no Rio Meruú, interior de Igarapé-Miri. Terminamos a apresentação era 2h30 da madrugada e fomos descansar para amanhecer e pegarmos uma rabeta para voltarmos. O Cavalo (Wagner), era meu produtor e fazia tudo na banda. Ele ficou na sede junto com o tecladista, os seguranças da festa e o rapaz do violão. Todos conversando e esperando o horário para pegar a embarcação. O Wagner sentou na frente da sede de costa pro rio. Foi quando os bandidos chegaram atirando. Acertaram num segurança, em outro rapaz. Um tiro pegou de raspão na minha produtora e o rosto dela está machucado. Teve troca de tiros dos seguranças com os criminosos. Os bandidos foram embora e não levaram nada”, explicou a artista.

Taty contou que Wagner estava junto com ela desde o início de sua caminhada musical. Sempre sendo divertido e brincalhão. “Ele (Wagner) estava presente desde o começo da minha carreira. Fazia o trabalho dele com muita excelência. Sempre aparecia nos vídeos que eu postava na internet. Eu divulgava as minhas músicas junto com ele, porque tinha um jeito muito brincalhão. Ele deixa três filhos”, lamentou a cantora.

Pessoas que estavam no local contaram que os assassinos fugiram após cometer o crime. Uma situação comentada por testemunhas deve ser investigada pela Polícia Civil da região Seguranças do evento barraram alguns homens que queriam entrar à força na festa no começo do show, no entanto, não há confirmação se a confusão pode ter alguma relação com o assassinato. Em um áudio de WhatsApp, divulgado pela assessoria da cantora, Taty Pink comentou sobre a tragédia: “É um local muito perigoso para tocar. Esses bandidos tinham problemas com os seguranças e passaram lá atirando. Mataram um inocente”.

Por meio de nota, a Polícia Civil (PC) informou apenas que  caso é investigado pela delegacia do município de Igarapé-Miri. "Diligências estão sendo realizadas para ouvir testemunhas e coletar detalhes sobre o caso. Informações que auxiliem nas investigações podem ser repassadas via Disque-Denúncia, número 181. O sigilo é garantido", diz o comunicado da PC. 

Ajude a polícia com mais informações 

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Matéria em atualização. Acompanhe para mais informações.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA