logo jornal amazonia

Acusadas da morte de guia turístico são agredidas por traficantes e presas em seguida

Homem que reagiu a assalto, foi morto a facadas no Rio de Janeiro. Ninguém prestou socorro.

O Liberal
fonte

Imagens de circuito de uma câmera de segurança mostram o momento em que um guia turístico foi morto no centro do Rio de Janeiro. Daniel Mascarenhas Xavier, de 31 anos, levou pelo menos cinco golpes de faca na madrugada da última quarta-feira, 04.

Ele retornava para casa após um dia de trabalho. Daniel foi surpreendido por duas mulheres por volta das 2h, elas estavam em uma moto. A dupla tentou roubar o guia, porém ele reagiu a ação.

VEJA MAIS

image Corpo é encontrado dentro de lixeira próximo a supermercado no bairro de São Brás
A vítima estava com mãos e pés amarrados e outras marcas de violência pelo corpo

image Sargento morre durante troca de tiros neste sábado no sudoeste do Pará
Segundo os militares, o tiro foi disparado pelo alvo da ação, Gracililton Silva Rocha, conhecido na área pelo apelido “Liquinho”, que está foragido

image Suspeito de assalto morre após ser baleado ao tentar fugir por telhados no bairro do Marco, em Belém
Ele teria ameaçado atirar nos agentes com uma arma de fogo, quando foi alvejado

Após as imagens do crime serem divulgadas, Marcelly Albuquerque e  Ana Claudia Pires foram apontadas como autoras do crime. Elas foram agredidas pelo tráfico de drogas do Morro da Providência por chamarem a atenção dos agentes da segurança pública para localidade após a morte do guia.

A mulher loira que aparece no vídeo é Marcelly Albuquerque, ela segue internada no hospital Lourenço Jorge, sem previsão de alta. A acusada tem uma fratura no braço e outras escoriações. Já Ana Claudia, que aparece na garupa, está detida na  Delegacia de Homicídio da Capital (DHC),

O  delegado Rômulo Assis disse que parentes das mulheres contaram que elas seriam companheiras e estariam praticando assaltos na região há pelo menos três meses. As duas confessaram o crime à polícia, porém em depoimento, na presença de um advogado, Ana Cláudia preferiu se manter me silêncio.

CRIME

Daniel foi abordado na na Rua 20 de Abril. As mulheres suprenderam o guia turístico ao apontarem o simulacro de arma de fogo (arma de mentira). A princípio Daniel entrega seus pertences, uma bolsa e o celular. Mas depois ele tenta reagir e entra em luta com as assaltantes. A motorista da moto sacou uma faca e atingiu o guia turístico com diversos golpes. 

O laudo de exame de necropsia, obtido com exclusividade pelo GLOBO, mostra que Daniel tinha marcas nas costas e no pescoço. Ele teve uma hemorragia após sofrer lesões no tórax e pulmão.

Mesmo ferido, o guia se afastou da dupla e chegou a pedir ajuda a um taxista, que arrancou com o carro, e a pessoas que passavam pelo local. Porém, ele não foi socorrido e acabou morrendo pouco tempo depois, próximo a um hospital. 

 Ao menos três pedestres também observam, mas não fazem nada. 

 

 

 

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA